Arquivo Celular

Pesquisadores criam ‘modo subconsciente’ para economizar bateria de celulares

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Em geral, a bateria de celulares hoje em dia são uma droga. Salvo um ou outro modelo que tem realmente um bom gerenciamento da bateria, os smartphones ainda consumem mais energia do que gostaríamos, principalmente para quem está sempre conectado à rede ou usando seu aparelho como dispositivo multimídia. Mas pesquisadores da Universidade de Michigan, nos EUA, podem ter encontrado o método perfeito para economizar algumas preciosas horas de bateria.

O que eles conseguiram fazer é desenvolver um sistema que se baseia nos pacotes da rede para diminuir a energia gasta. Chamado de Energy-Minimizing Idle Listening, ou redutor de energia por auscultação ociosa em tradução livre, o sistema foi criado como um trabalho em conjunto do aluno Xinyu Zhang e do professor Kang Shin, ambos do curso de Engenharia e ciência da computação. Esse sistema diminui a velocidade do processador da placa WiFi para 1/16 do total enquanto ela não está em atividade e volta ao normal de acordo com o envio ou recebimento de dados. O E-Mili analisa os cabeçalhos desses pacotes para saber quando precisa voltar à velocidade normal e quando o processador volta para o modo ocioso.

O downclock de processadores móveis não é novidade, usuários de Android já fazem isso com seus celulares e, imagino, que exista alguma opção similar para o iPhone via jailbreak. Mas o sistema estaria embutido em todos os modelos de smartphone que usassem essa placa WiFi, não importa qual a plataforma adotada.

Vai demorar alguns anos para que a tecnologia seja aperfeiçoada, mas eles já conseguiram (ao menos em teoria) aumentar a vida de bateria de um celular em até 54%. Ainda assim, acredito que a parte difícil mesmo vai ser fazer com que esse sistema seja adotado amplamente pelas fabricantes de chips WiFi.

Com informações: Slashdot.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque