Arquivo Negócios

Microsoft estaria espiando os livros financeiros do Yahoo

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Em 2008 a Microsoft teria feito uma oferta de compra do Yahoo, que foi prontamente recusada pela empresa. Mas na época eles podiam se dar a esse luxo, quando cada ação da empresa na bolsa de valores americana atingia picos de 28 dólares. Atualmente, com o preço delas abaixo dos 16 dólares por ação, o Yahoo estaria já procurando uma nova empresa para se abrigar. E a Microsoft é um dos nomes que surgiu novamente na lista de possíveis compradores.

Microsoft e Yahoo juntos?

Segundo fontes do New York Times, a Microsoft teria assinado um acordo confidencialidade com o Yahoo para poder dar uma espiadinha nos livros financeiros da empresa. Ela seria uma das várias empresas a assinar esse tipo de acordo, prática normalmente executada antes de fazer uma proposta de aquisição.

O mercado, no entanto, não reagiu muito bem (novamente): as ações da Microsoft e do Yahoo na NASDAQ fecharam em queda, respectivamente, de 32 e 3 centavos de dólar depois que os novos rumores ressurgiram ontem. Nenhum dos porta-vozes das empresas quis comentar.

Essa não é a primeira vez no ano que a gigante de Redmond surge ao lado de rumores de compra do Yahoo. De fato eu poderia dizer que esse é o rumor mais recorrente de que se tem notícia na internet em 2011, de acordo com dados das pesquisas do instituto TB de deduções. Só espero que dessa vez a Microsoft peça logo a mão do Yahoo em casamento e que eles se resolvam, finalmente.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque