SanDisk Ultra Dual USB Drive, um pen drive para smartphones e tablets Android

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 mês
sandisk-dual-usb-abre

A SanDisk organizou um evento em São Paulo para apresentar seus novos produtos para o mercado brasileiro. O mais interessante deles é o SanDisk Ultra Dual USB Drive, um pen drive que custa a partir de R$ 79 no modelo de 16 GB e possui compatibilidade com smartphones e tablets Android. Como assim? Simples: além do conector USB presente em qualquer pen drive comum, há um Micro USB do outro lado.

O Ultra Dual USB Drive é um pen drive minúsculo, do tamanho do seu polegar. A ideia é expandir o armazenamento do aparelho, especialmente em modelos que não possuem entrada para cartão de memória, e facilitar a transferência de dados entre um dispositivo móvel e um computador. Quer guardar músicas, fotos e vídeos? Use-o como um pen drive normal. Quer visualizar esses arquivos no smartphone ou tablet? Vire-o para o outro lado e conecte-o ao aparelho.

Dinesh Bahal, vice-presidente de marketing da SanDisk, veio ao Brasil para lançar o SanDisk Ultra Dual USB Drive e outros pen drives
Dinesh Bahal, vice-presidente de marketing da SanDisk, veio ao Brasil para lançar o SanDisk Ultra Dual USB Drive e outros pen drives
sandisk-dual-usb-hands-on

Ele funciona em dispositivos que possuam suporte ao USB OTG (On-The-Go). A lista dos smartphones e tablets testados pela SanDisk está nesta página e inclui nomes como Galaxy S III, Galaxy S4, Galaxy Note 3, Xperia SP, Xperia Z1, LG G2 e RAZR HD. Muitos modelos que são compatíveis, como o tablet LG G Pad 8.3, não estão listados.

Se você fez root ou usa uma ROM personalizada no seu Android, é quase certo que poderá usar o pen drive. O Galaxy Nexus, por exemplo, não é suportado oficialmente, já que o Android puro não monta automaticamente memórias externas USB. No entanto, com o CyanogenMod ou um aplicativo como o StickMount, dá para ler e gravar arquivos no Ultra Dual USB Drive sem problemas — vale pesquisar em fóruns para descobrir se pessoas com o mesmo aparelho que o seu tiveram sucesso com o USB OTG.

sandisk-dual-usb-micro
sandisk-dual-usb-conector

Para gerenciar os arquivos, você pode usar um aplicativo com suporte a pen drives ou baixar o gratuito SanDisk Memory Zone, que possui uma interface bem intuitiva e pode listar todos os arquivos de um determinado tipo (músicas, fotos, filmes, documentos e aplicativos) salvos tanto na memória do aparelho quanto no pen drive. Para os curiosos, ele tem uma função de benchmark — a memória interna do meu Galaxy Nexus atingiu apenas 10 MB/s.

Como o Ultra Dual USB Drive possui um conector USB 2.0, as taxas de transmissão não são exatamente empolgantes: em um teste rápido, consegui médias de 9 MB/s de gravação e 17,5 MB/s de leitura copiando um arquivo de 2 GB pelo computador. Não é muito, mas está dentro do esperado para um pen drive USB 2.0.

sandisk-dual-usb-conectado

Para quem está precisando de mais armazenamento no smartphone ou tablet Android, o Ultra Dual USB Drive parece ser uma forma bem prática de solucionar esse problema. É até estranho pensarmos como uma ideia tão simples só foi lançada por um grande fabricante só agora. A Kingston apresentou um modelo parecido na CES 2014, o Kingston DataTraveler Micro Duo, mas ele ainda não está disponível no Brasil.

O pen drive da SanDisk está sendo vendido em modelos de 16 GB (R$ 79), 32 GB (R$ 129) e 64 GB (R$ 249). Se você não quiser gastar esse dinheiro, pode comprar um cabo USB OTG (Micro USB macho para USB fêmea), que pode ser encontrado facilmente por menos de 10 reais, e usar seu próprio pen drive — com o inconveniente de ter que ficar carregando um cabo sempre que precisar ler os dados.

Bônus: SanDisk Extreme PRO USB 3.0 Flash Drive

Outro produto de nome complicado anunciado hoje pela SanDisk no Brasil foi o Extreme PRO USB 3.0 Flash Drive. O diferencial aqui é a velocidade: ele atinge taxas absurdas de 260 MB/s de leitura e 240 MB/s de gravação. Ou seja, ele é mais rápido que os melhores discos rígidos e equivalente aos SSDs mais baratos ou com interface SATA 2.

sandisk-extreme-pro

De acordo com a SanDisk, essa velocidade é suficiente para copiar 1.000 fotos em alta resolução (3,8 MB cada) em menos de 35 segundos. Durante uma demonstração na coletiva de imprensa, foi possível copiar um arquivo de 1,9 GB em oito segundos. Um pen drive concorrente, também USB 3.0, levou 19 segundos para gravar a mesma quantidade de dados. Ele vem com um software adicional, o SanDisk SecureAccess, que usa criptografia AES de 128 bits para proteger seus arquivos com senha.

O problema em fazer um pen drive rápido, obviamente, é o custo altíssimo: disponível em modelo único de 128 GB, ele será vendido no Brasil por nada menos que R$ 899. Para o Extreme PRO USB 3.0 Flash Drive, a SanDisk oferece garantia vitalícia.

Receba mais sobre Android na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados