Chegou a hora de você conhecer o E-Cu

Juarez Lencioni Maccarini
Por

Um designer londrino, Patrick Hyland, é o pai dessa ideia de nome inusitado. O nome, aliás, vem da junção de “E”, de Environment (meio-ambiente em inglês) e “Cu”, que como todos sabem, nada mais é do que a abreviatura de Cuprum, o nosso bom e velho cobre, só que em latim.

O destaque do conceito E-Cu (além do nome) é que ele seria um celular que dispensa carregador. Bastaria deixar o E-Cu em algum lugar quentinho (como seu bolso, por exemplo) que, através da superfície termo-condutora de cobre e de um termogerador integrado ele se recarregaria automaticamente. Deixar o seu E-Cu sentadinho sobre um laptop fervente enquanto ele renderiza um vídeo também surtiria um ótimo efeito.

Segundo Hyland, carregadores indesejados produzem 51 mil toneladas de lixo (mas ele não diz em que período), fora os gases estufa gerados pela produção da eletricidade necessária para que eles sejam carregados.

Até o momento também não há nada que indique qualquer afiliação oficial do designer com a Nokia, ele possivelmente apenas usou a marca sem qualquer endosso da mesma. Só vamos torcer para que, caso a Nokia realmente resolva investir no produto, pelo menos o nome seja trocado por algo mais amigável em sua versão brasileira. Sei lá, E-Ass, por exemplo. 😉

Juarez Lencioni Maccarini

Juarez Lencioni Maccarini é formado em engenharia de computação e trabalhou como autor no Tecnoblog entre 2009 e 2011. Durante sua passagem, produziu reviews e escreveu sobre jogos, softwares e inovação. Também colaborou com a redação do TechTudo (Editora Globo) cobrindo temas relacionados à tecnologia.

Relacionados

Relacionados