As fabricantes de smartphone estão tentando vender smartphones mais caros em um mercado no qual os lucros são dominados por Apple e Samsung.

Uma tendência que elas vêm seguindo é o “smartphone gamer”. Em vez de chip gráfico dedicado, temos aqui uma tela grande, boas especificações e um visual chamativo. Essa é a receita seguida pelo Razer Phone e pelo Xiaomi Black Shark.

O novo Nubia Red Magic faz o mesmo, e seu principal destaque está nas luzes LED na traseira. Era o que você queria, certo?

Sim, pela primeira vez, você terá uma faixa de luzes na traseira do smartphone que consegue gerar até 16 milhões de cores, e 4 efeitos diferentes de iluminação.

Por dentro, o aparelho tem um processador Snapdragon 835 (mesmo do Razer Phone), 8 GB de RAM LPDDR4X, e 128 GB de armazenamento sem suporte a microSD.

Há um sistema de resfriamento por convecção de ar, composto por três camadas de grafite e três aberturas na traseira. Além disso, o corpo de alumínio é revestido com materiais que absorvem calor.

O Red Magic roda Android 8.1 Oreo com algumas personalizações. O GameBoost, por exemplo, retira outros apps da memória “para fornecer taxas de quadros mais altas”.

A tela de 5,99 polegadas tem resolução Full-HD+ (1080 x 2160 pixels) e proporção 18:9, mas foge da tendência do “notch”.

A câmera traseira usa um sensor de 24 megapixels da Samsung com abertura f/1,7 e estabilização eletrônica de imagem. Ela consegue gravar vídeo 4K a 30 quadros por segundo, e slow motion em HD a 120 fps. A câmera frontal, por sua vez, tem 8 MP.

Temos aqui uma entrada tradicional para fone de ouvido, um conversor digital-analógico (DAC) para “uma experiência de som estéreo mais imersiva”, além de DTS Technology e um sistema Smart Amplifier.

A bateria de 3.800 mAh é recarregada pela porta USB-C. São 9,5 mm de espessura e 185 g.

O Red Magic será lançado via uma campanha de crowdfunding no Indiegogo, a partir de 26 de abril, a partir de US$ 399.

O aparelho é feito pela Nubia, que já foi uma subsidiária integral da chinesa ZTE; agora, ela é dona de 49,9% da empresa.

Com informações: SlashGear.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Relacionados