O Uber pode estar pensando em criar no Brasil um novo serviço voltado somente para passageiras. O que aponta nessa direção é uma pesquisa enviada nesta quarta-feira (23) para usuárias do aplicativo.

Aparentemente, o Uber deseja entender se há uma demanda para uma nova categoria. Para isso, são feitas perguntas sobre a preocupação delas em relação a casos de violência e assédio sexual em viagens feitas com o serviço.

A pesquisa pergunta se as passageiras acreditam que são mais vulneráveis a assédio sexual e se os motoristas do Uber têm o mesmo tratamento para homens e mulheres. A empresa também quer saber se elas acreditam que homens e mulheres devem ser tratados da mesma forma pelos motoristas.

Em seguida, a possibilidade de uma nova categoria é levantada pelo questionário. O Uber pede para as participantes analisarem se a ideia seria ou não aprovada.

Outra pergunta avalia a recepção para um modelo em que mulheres seriam atendidas somente por motoristas (homens ou mulheres) com boa avaliação de outras passageiras.

O Uber também pergunta em quais situações uma nova modalidade seria útil e quanto tempo a mais elas esperariam por motoristas mais bem avaliados.

A pesquisa aproveita ainda para pedir que as passageiras escolham os nomes que mais gostaram para o eventual serviço. Entre as opções oferecidas estão UberFemme, UberMulher, UberWoman, UberM, UberEla, UberW, além de um campo para sugestões de outros nomes.

Com informações: Estadão.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Relacionados