Início / Notícias / Celular /

Diablo Immortal é um MMOARPG da Blizzard para Android e iOS, que não agradou muitos

Game ainda não tem data de lançamento, mas já irritou muitos fãs da série de RPG de ação da Blizzard

André Fogaça

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Blizzard anunciou no último sábado (2) uma versão de Diablo que roda em smartphones Android e nos dispositivos iOS. Com nome de Diablo Immortal, o game será gratuito para jogar e não agradou os fãs mais cativos da franquia de RPG de ação da empresa.

O título vem de uma lista de games muito conhecida da Blizzard, que nasceu em 1996, onde coloca a luta entre o bem e o mal em várias cidades fictícias, em diversas caçadas de demônios que vão até as profundezas do inferno. Diablo Immortal, que nasceu das mãos da NetEase e da Blizzard, é a versão destes games para smartphones, mas com formato de MMOARPG, ou RPG de ação multijogador online e em massa, em português – mais ou menos o que foi World of Warcraft, da mesma desenvolvedora.

De Diablo, seis personagens podem ser escolhidos: Bárbaro, Monge, Arcanista, Cruzado, Caçador de Demônios e Necromante. Cada um com habilidades próprias e que podem crescer em opções com o andar do jogo. O controle é feito com direcional virtual de um lado e a lista de opções de botões do outro, mantendo assim o meio da tela para a jogatina e longe do alcance dos dedos.

Na linha do tempo que foi criada entre cada lançamento, Immortal aparece depois do que aconteceu com o final de Diablo II e antes da nova invasão, ocorrida em Diablo III e que foi o último título lançado pela empresa.

Apenas online, como em Diablo III

Quando lançou Diablo III, a Blizzard surpreendeu muitos jogadores ao exigir uma conexão com a internet até mesmo para quem não quer dividir a campanha com outras pessoas. Wyatt Cheng, desenvolvedor responsável pelo game em smartphones, diz que a exigência é a mesma em Diablo Immortal, que até tem alguns momentos que podem ser jogados de forma solitária.

Reação foi negativa

Depois do lançamento do trailer e das informações durante o final de semana, as reclamações borbulharam em redes sociais e o número de dislikes é muito maior do que de likes no vídeo que demonstra como será o jogo.

A reação chegou a surpreender até mesmo Allen Adham, que é cofundador da Blizzard e produtor executivo da desenvolvedora. De acordo com uma entrevista com a imprensa americana, Adham comentou que esperava algum desconforto, mas não na quantidade que notou.

Quando chega?

Diablo Immortal ainda não tem data para ser lançado, mas já está com o pré-registro aberto na Play Store para quem quiser receber o game assim que ele sair. O título também chegará ao iOS.

Com informações: Blizzard e Kotaku.