Instagram pode finalmente ganhar barra para avançar vídeos do feed

O recurso está sendo testado pelo Instagram e permite ir direto a um trecho do vídeo

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos
Tought Catalog / Instagram / Unsplash

O Instagram deixou de ser há muito tempo apenas uma rede social de fotos. A plataforma, assim como o Facebook, tem se concentrado em vídeos, seja em stories, IGTV ou feed. Apesar disso, seu player não tem um item básico: a opção de avançar ou retroceder um vídeo.

Isso pode mudar se uma solução testada pelo Instagram for oferecida para todos os usuários. Segundo a desenvolvedora Jane Manchun Wong, que encontrou o novo recurso, ele permite avançar um vídeo ao deslizá-lo para a direita.

O vídeo publicado no Twitter não mostra a barra sendo usada para retroceder a outro trecho do vídeo, mas logicamente isso também estaria disponível. Um usuário no Twitter lembra que o recurso foi testado no início de 2018, indicando que o Instagram pode ter decidido por finalmente oferecê-lo aos usuários.

Com a mudança, a plataforma dispensaria a contagem regressiva que aparece no canto superior direito de seu player. A opção de avançar e retroceder em vídeos já existe no IGTV, voltado para vídeos mais longos.

Não há informações de que algo parecido chegará no Instagram Stories. Mesmo que seja levado apenas ao feed, o recurso será um importante avanço para a rede social. É de se estranhar, na verdade, que ela não tenha chegado antes.

Com informações: The Verge.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Relacionados