Notícias Jogos

Apple quer indenização da Epic Games por violar regras da App Store

Novela da Epic Games contra Apple ganha novo capítulo com a maçã acusando a desenvolvedora de ameaçar o ecossistema do iOS

André Fogaça
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Apple entrou com uma ação que está pedindo indenização da Epic Games por ter violado as regras da App Store, quando a desenvolvedora abriu um caminho de pagamentos em Fortnite que não passava pela tarifa da loja e que desencadeou uma novela cheia de intrigas e acusações.

fortnite iphone icone tecnoblog

A ação acontece um dia após a Epic Games ter entrado na Justiça para que Fortnite possa voltar para a App Store, alegando que a remoção do game da loja oficial de apps e jogos da Apple pode resultar em danos irreparáveis para a empresa. Na ação desta terça-feira (8), a Apple diz que a ação movida pela Epic “não é nada além de que um desentendimento sobre dinheiro”.

“O flagrante desrespeito da Epic por seus compromissos contratuais e outras condutas causou danos significativos à Apple. Se nada for feito, a conduta da Epic ameaça a própria existência do ecossistema do iOS e seu tremendo valor para os consumidores”, complementa.

A empresa também comenta que as atitudes que tomou (de remover Fortnite da App Store e o acesso da Epic para o desenvolvimento em sua plataforma) foram legítimas e justificadas no meio de negócios. O objetivo desta parte é de garantir que as acusações de desrespeitar a lei de antitruste, que a Epic Games já utilizou contra a Apple em outra ação, não ganhe corpo.

Apple vs Epic Games (Fortnite)

Essa briga começou quando a Epic Games, desenvolvedora de Fortnite, adicionou uma forma de pagamento por moedas no game (os V-Bucks) que não passa pela Apple e assim a Epic não precisa pagar os 30% de taxa por toda transação que acontece na plataforma. A atitude contraria o contrato de uso da App Store, que resultou na remoção do game da loja – respingando até mesmo na Play Store, do Android.

Enquanto o Google só removeu o link da loja oficial, que ainda permite a instalação por fora, a Apple tirou até mesmo o acesso das ferramentas de desenvolvimento que a Epic precisa para poder lançar seus games no iOS e macOS. Tudo isso aconteceu na primeira quinzena de agosto e até aqui algumas brigas na Justiça estão rolando, com uma audiência marcada para o dia 28 deste mês.

Com informações: The Verge e MacRumors.

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque