Início / Notícias / Carro /

Tesla atualiza carros elétricos com Full Self-Driving em beta

Melhorias em sistema deixam carros da Tesla mais próximos de contarem, de fato, com direção autônoma

Victor Hugo Silva

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Tesla liberou para alguns motoristas o Full Self-Driving, uma solução que deixa os carros da empresa mais próximos de terem, de fato, direção autônoma. A atualização permite que os veículos consigam, por conta própria, mudar de faixa com indicação da seta e se encaminharem para saídas de rodovias, por exemplo. Como está em versão beta, a solução ainda exige que os motoristas fiquem com as mãos no volante.

Tesla Model S (Imagem: Divulgação/Tesla)

Tesla Model S (Imagem: Divulgação/Tesla)

O CEO da Tesla, Elon Musk, afirmou que o lançamento do Full Self-Driving acontecerá de forma “extremamente lenta e cautelosa, como deve ser”. Na quarta-feira (21), durante conferência com investidores, o executivo indicou que mais motoristas receberão os novos recursos nas próximas semanas e que a ideia é fazer um lançamento amplo no final do ano.

Ainda não há informações sobre em quais locais o Full Self-Driving estará disponível, visto que a atualização pode ser ser questionada por autoridades de trânsito. A Tesla afirma que sua equipe do Autopilot “tem se concentrado em uma reescrita fundamental da arquitetura de nossas redes neurais e algoritmos de controles”. Isso, segundo a montadora, “permitirá que os recursos de direção restantes sejam liberados”.

Com a atualização desta semana, o sistema da empresa identifica o que está ao seu redor para tomar mais decisões enquanto o carro se movimenta. Em um vídeo publicado no Twitter por um motorista, é possível perceber a renderização feita pelo carro para identificar semáforos, cruzamentos e outros carros ao seu redor.

Apesar dos avanços, o Full Self-Driving ainda tem algumas limitações. O pacote ainda não consegue realizar curvas acentuadas (apenas as mais suaves, como em rodovias), nem mudar de faixa nas ruas em que a marcação no asfalto está muito apagada. Por outro lado, os carros da Tesla já conseguem reduzir a velocidade e parar em semáforos por conta própria.

Tesla aumenta preços do Full Self-Driving

O lançamento da versão beta do Full Self-Driving também foi marcado por um anúncio de aumento no preço do pacote. Para terem todos os recursos, os motoristas precisam pagar por um item adicional, que, hoje, custa US$ 8 mil (cerca de R$ 44 mil). Nesta quinta-feira (22), Musk anunciou que o preço será atualizado para US$ 10 mil (R$ 55 mil) no início da próxima semana.

Com informações: The Verge, CNET.