App da Uber terá propaganda em vídeo antes de corridas no Brasil

Lançadas nos EUA em junho de 2023, propagandas em vídeo são exibidas enquanto usuário espera o motorista. Publicidade rendeu US$ 900 milhões para a Uber.

Giovanni Santa Rosa
Por
Uber
Uber busca novas fontes de renda (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Resumo
  • A Uber começará a mostrar propagandas em vídeo no Brasil, uma expansão dos anúncios estáticos já presentes no app. Os vídeos serão exibidos enquanto o usuário espera o carro chegar.
  • Daniela Galego, chefe da Uber Advertising no Brasil, destaca que os anúncios em vídeo oferecem um formato mais dinâmico e interessante para as marcas se conectarem com os passageiros.
  • A introdução dos anúncios em vídeo busca aumentar as receitas da Uber, complementando os ganhos com corridas e entregas. A divisão de publicidade gerou US$ 900 milhões e contribuiu para o primeiro lucro operacional da empresa em 15 anos, totalizando US$ 1,1 bilhão.

A Uber passará a exibir propagandas em vídeo no Brasil. Os anúncios aparecem antes das corridas, enquanto a plataforma procura um motorista e o passageiro espera o carro chegar. A novidade marca o primeiro ano de operação da divisão de publicidade da companhia no Brasil.

Atualmente, o aplicativo mostra propagandas estáticas logo após o usuário solicitar uma corrida. Às vezes, ele também sugere comprar algum item de mercado próximo e mandar entregar no endereço de destino. Segundo Daniela Galego, chefe da Uber Advertising no Brasil, os anúncios em vídeo são um “formato ainda mais interessante” para as marcas oferecerem seus produtos e serviços aos passageiros.

GIF mostrando como funciona anúncio em vídeo da Uber
Anúncios aparecem enquanto passageiro espera o carro (Imagem: Divulgação / Uber)

Uber aposta em propaganda como fonte de renda

As propagandas em vídeo no aplicativo da Uber fizeram sua estreia em junho de 2023. Os Estados Unidos foram o primeiro país a receber o recurso, com Reino Unido, França e Austrália logo na sequência. Na ocasião, a empresa disse que as propagandas teriam até 90 segundos de duração. A Uber Brasil não revelou qual o tamanho dos vídeos que serão exibidos aqui.

Mark Grether, vice-presidente e gerente geral da divisão de anúncios da Uber, avalia que os dados coletados pela Uber são ótimos para segmentar propagandas. “Nós temos dois minutos da sua atenção. Sabemos onde você está, para onde está indo, o que comeu”, disse o executivo ao Wall Street Journal. “Podemos usar tudo isso para direcionar uma propaganda em vídeo para você.”

Mostrar publicidade é uma forma de conseguir uma nova fonte de receitas, além dos serviços de corridas, entregas e vendas. Aparentemente, isso está dando certo: no comunicado enviado nesta quarta-feira (24), a empresa afirma que o setor de anúncios já atingiu a marca de US$ 900 milhões de faturamento, com mais de 550 mil anunciantes ativos no último trimestre de 2023.

A Uber fechou 2023 com lucro operacional, algo que nunca havia acontecido em 15 anos de história. A companhia teve um resultado positivo de US$ 1,1 bilhão.

Receba mais sobre Uber na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados