Início / Notícias / Carro /

Bilionário quer virar senador para banir carros da Tesla com Self-Driving

Na campanha, o bilionário Dan O'Dowd quer enfrentar a Tesla e defende "computadores seguros para a humanidade"

Darlan Helder

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Enquanto as empresas correm e quebram a cabeça para aprimorar a direção autônoma, há pessoas empenhadas em barrar o avanço da tecnologia. Dan O’Dowd é um bilionário norte-americano que controla as empresas The Dawn Project e Green Hills Software. O seu mais novo objetivo é se tornar senador, mas não para “ajustar” a inflação do país ou melhorar a educação, e sim banir carros da Tesla e o Full Self-Driving, software de piloto automático. 

Elon Musk na fábrica da Tesla em Fremont, Califórnia (Imagem: Maurizio Pesce/Flickr)
Elon Musk na fábrica da Tesla em Fremont, Califórnia (Imagem: Maurizio Pesce/Flickr)

Em seu perfil no Twitter, o executivo anunciou que entrou na disputa ao senado americano para “tornar os computadores mais seguros para a humanidade”. O’Dowd enfatiza que deseja enfrentar a “implantação imprudente de Elon Musk com seus carros autônomos inseguros produzidos pela Tesla”.

Para chamar a atenção, o futuro candidato usa uma abordagem alarmista com um vídeo de 1 minuto que exibe acidentes envolvendo a tecnologia. 

Segundo o site da campanha, o filme mostra cenas reais de carros da Tesla apresentando falhas, enquanto o condutor tenta ajustar a direção. A página ainda afirma que o mesmo vídeo será exibido em rede nacional durante a campanha de Dan O’Dowd. 

Página de Dan O'Dowd com a frase "tornando os computadores seguros para a humanidade" (Imagem: Reprodução/Dan O'Dowd)
Página de Dan O’Dowd com a frase “tornando os computadores seguros para a humanidade” (Imagem: Reprodução/Dan O’Dowd)

A Tesla vem aprimorando a tecnologia Full Self-Driving gradativamente para tornar seus veículos 100% autônomos. Como o Tecnoblog mostrou em novembro de 2020, numa reportagem dedicada ao assunto, conceder autonomia a veículos é muito difícil.

A Tesla encontra-se no segundo nível de automação, o que significa que o automóvel consegue controlar o volante e pedais, porém o motorista deve ficar atento durante o trajeto para agir em casos de urgência. 

Hoje, o Full Self-Driving é capaz de fazer o carro estacionar sozinho, identificar o status do semáforo e manter o carro na faixa. Os donos de Tesla que desejarem ter acesso ao sistema precisam pagar US$ 199 por mês. A Tesla trabalha para que o FSD chegue ao nível 5 de automação. Nesse estágio, o veículo poderá fazer tudo sozinho, enquanto o motorista dorme ou lê um livro, por exemplo. 

Com informações: TechCrunch