Notícias Brasil

SpaceX, de Elon Musk, vai lançar satélites brasileiros com foguete Falcon 9

Satélites Carcará I e Carcará II serão controlados pela FAB; lançamento pela SpaceX não tem relação com visita de Elon Musk ao Brasil

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A SpaceX usa os foguetes Falcon 9 para lançar os satélites da rede Starlink, mas não exclusivamente. Essas unidades podem ser empregadas em outras missões. Um exemplo envolve o Brasil: nesta quarta-feira (25), a SpaceX lançará os satélites Carcará I e Carcará II por meio de um Falcon 9. A operação será acompanhada pela Força Aérea Brasileira (FAB), que responderá pelo controle dos satélites.

Falcon 9, da SpaceX, em lançamento de satélites Starlink (Imagem: divulgação/SpaceX)
Falcon 9, da SpaceX, em lançamento de satélites Starlink (Imagem: divulgação/SpaceX)

Lançamento nesta quarta-feira

Não havendo intercorrências, a SpaceX fará o lançamento de ambos os satélites às 15:25 de hoje (horário de Brasília). O foguete Falcon 9 que transportará as duas unidades partirá do Centro Espacial Kennedy, no Cabo Canaveral, Estados Unidos.

O lançamento será transmitido pelo canal da SpaceX no YouTube, em tempo real.

Projeto Lessonia-1

Os dois satélites fazem parte do projeto Lessonia-1, que visa apoiar as operações das Forças Armadas e o monitoramento da região amazônica, entre outros objetivos.

Não por acaso, o Carcará I e o Carcará II são satélites que farão sensoriamento remoto por radar (SRR). Ambos poderão ser usados para capturar imagens de alta resolução e monitorar vários parâmetros do solo de determinadas regiões.

Se houver condições adversas, como nuvens intensas, o trabalho não será prejudicado, pois as duas unidades contam com um sistema de varredura óptica.

É de se esperar que os satélites sejam usados para identificar áreas de queimadas, rastrear mineração ilegal, apoiar o controle de fronteiras, mapear regiões afetadas por desastres naturais e assim por diante.

Cada satélite pesa cerca de 100 kg, mede 1 metro cúbico, conta com cinco painéis solares e foi desenvolvido para órbitas baixas.

Não há relação com visita de Elon Musk

O lançamento dos satélites Carcará I e Carcará II foi programado para poucos dias depois da visita de Elon Musk, fundador da SpaceX, ao Brasil. Apesar disso, um evento não tem relação com o outro.

Ambos os satélites foram adquiridos da fabricante Iceye, de origem finlandesa. Coube à empresa contratar a SpaceX para fazer o lançamento das unidades. A FAB não participou diretamente dessa negociação.

Levemos em conta também que, se a operação tivesse como ponto de partida a visita de Musk, o lançamento ocorreria daqui a alguns meses. Isso porque a preparação envolve várias etapas, incluindo disponibilidade de foguetes, análise dos requisitos e, claro, cálculo de custos.

Apesar de o lançamento ter sido marcado para este mês, a operação oficial dos satélites deve começar em novembro.

Com informações: G1.

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque