Notícias Gadgets

Amazfit T-Rex 2, smartwatch com resistência militar, é lançado no Brasil

Relógio Amazfit T-Rex 2 conta ainda com tela AMOLED, monitor cardíaco e bateria que dura até 24 dias em uso moderado

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Amazfit T-Rex 2 já havia passado por homologação na Anatel. Faltava só o lançamento no Brasil. Não mais. Nesta segunda-feira (27), o relógio foi anunciado oficialmente para o mercado brasileiro. A novidade é direcionada a praticantes de esportes radicais, razão pela qual tem resistência física entre as suas principais características.

Amazfit T-Rex 2 (imagem: reprodução/Huami)
Amazfit T-Rex 2 (imagem: reprodução/Huami)

Nem dá para negar o foco em esportes. O Amazfit T-Rex 2 é capaz de monitorar mais de 150 atividades esportivas. A fabricante destaca ainda o modo Triathlon para teste de resistência, o Track Run para registro de corridas e correção inteligente de trajeto, além do modo Swing para prática de golf.

Outro recurso digno de nota é o ExerSense, função para reconhecimento inteligente (automático) de oito esportes diferentes:

  • Corrida;
  • Corrida em esteira;
  • Caminhada;
  • Caminhada em esteira;
  • Ciclismo ao ar livre;
  • Natação em piscina;
  • Remo em máquina;
  • Exercícios em aparelho elíptico.

Como se não bastasse, o relógio permite ainda a criação de modelos de treinamento personalizados para 11 esportes no Zepp App. Esse é o nome do aplicativo oficial da Huami, a fabricante dos dispositivos Amazfit.

Resistência, muita resistência

A resistência é mesmo o chamariz do smartwatch, em vários aspectos. Tal como adiantamos na nota sobre a homologação do Amazfit T-Rex 2 pela Anatel, o relógio conta com certificação MIL-STD 810G. O dispositivo teve que passar por 15 testes de nível militar para receber esse selo.

O resultado aparece na forma de funcionamento em baixas temperaturas (de até -30 ºC), resistência à água de 10 ATM (até 100 m de pressão de água) e corpo robusto (mais resistente a choques).

Todas essas características tornam o Amazfit T-Rex 2 adequado para trilhas, montanhismo e outras atividades radicais.

Amazfit T-Rex 2 (imagem: reprodução/Huami)
Amazfit T-Rex 2 (imagem: reprodução/Huami)

Tela, bateria e outros recursos

A tela é outra característica que se destaca no Amazfit T-Rex 2. O componente é do tipo AMOLED, tem 1,39 polegada, resolução de 454×454 pixels (326 ppi) e, claro, é sensível a toques. O brilho de 1.000 nits também está presente, afinal, essa é uma característica importante para atividades ao ar livre.

Por sua vez, a bateria tem 500 mAh e, de acordo com a fabricante, alcança autonomia de até dez dias sob uso intenso. Em uso moderado, a duração pode chegar a 24 dias com uma única carga completa. No modo de economia de energia, a estimativa de duração sobe para até 45 dias.

Note, porém, que se o modo de GPS de precisão estiver ativado, a autonomia não deve passar de 26 horas. No modo de GPS equilibrado, essa estimativa aumenta para até 50 horas.

Amazfit T-Rex 2 (imagem: reprodução/Huami)
Amazfit T-Rex 2 (imagem: reprodução/Huami)

Outros recursos incluem monitoramento de frequência cardíaca, de saturação de oxigênio no sangue e de níveis de estresse.

O smartwatch pode ainda usar os dados coletados para dar uma visão geral da saúde do usuário. O gadget também pode monitorar a qualidade de sono.

Pulseira de silicone, quatro botões físicos, Bluetooth 5.0 BLE e caixa de liga de polímero com moldura em pintura metálica fazem parte dos demais atributos.

Amazfit T-Rex 2: disponibilidade e preço

O Amazfit T-Rex 2 já começou a ser vendido em lojas brasileiras. O relógio está disponível nas cores verde, preta e preta com dourado. O preço sugerido é de R$ 1.540.

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque