Widgets podem virar atalhos para qualquer app na tela de bloqueio do iOS 16

Aplicativo Launchify tira proveito de uma das principais novidades do iOS 16; com ele, dá para criar atalhos e abrir apps diretamente da tela de bloqueio

Giovanni Santa Rosa
Por

O iOS 16 foi disponibilizado nesta segunda-feira (12), e alguns apps já estão fazendo usos criativos de um dos novos recursos do sistema. Com o Launchify, por exemplo, dá para colocar atalhos para qualquer aplicativo na tela de bloqueio, graças aos widgets do sistema.

Tela de bloqueio do iOS 16 com atalhos para Safari e WhatsApp
Tela de bloqueio do iOS 16 com atalhos para Safari e WhatsApp (Imagem: Giovanni Santa Rosa / Tecnoblog)

O Launchify funciona de um jeito bem fácil e direto. Primeiro, você deve criar os atalhos dentro do próprio app. É preciso buscar os aplicativos em uma lista longa, mas isso até que é rápido. Depois, selecione o ícone — pode ser o ícone do próprio app.

Agora é hora de editar a tela de bloqueio — vá até ela, toque na tela e segure, e depois toque no botão para personalizar. Adicione um widget do Launchify e, em seguida, edite-o para escolher o atalho desejado.

Prontinho! Agora você consegue abrir apps diretamente da tela de bloqueio.

Tela de bloqueio com atalhos (Imagem: Giovanni Santa Rosa / Tecnoblog)
Tela de bloqueio com atalhos (Imagem: Giovanni Santa Rosa / Tecnoblog)

O Launchify é grátis, mas tem limite de dois apps. Para desbloquear todos os recursos, como atalhos ilimitados e fotos nos atalhos, é preciso fazer uma assinatura. O pacote mensal custa R$ 10,90, e o anual, R$ 89,90.

Um ponto interessante das novas lock screens do iOS 16 é que você pode configurar o sistema para mostrar uma tela diferente para cada um dos focos — Pessoal, Trabalho, Sono e outros.

Se você tiver um pouquinho de paciência, consegue criar telas de bloqueio com atalhos diferentes para cada um desses momentos — apps de trabalho em uma, mensageiros pessoais em outra e assim em diante.

Google também aproveita widgets do iOS 16

Eu usei o iOS 16 durante os testes da fase beta, e os widgets estavam disponíveis, mas apenas apps da própria Apple utilizavam a ferramenta. Com o sistema disponível para todos, a tendência é que mais desenvolvedores criem seus widgets.

Um deles é o Google. A empresa anunciou que vai criar widgets para seus produtos, como Gmail, Maps, Drive e outros.

Widgets do Google Maps no iOS 16
Widgets do Google Maps no iOS 16 (Imagem: Divulgação / Google)

O Gmail pode mostrar o número de mensagens não lidas, por exemplo. Já o Maps calcula o tempo para casa com as condições atuais de trânsito. Eles devem ser disponibilizados nas próximas semanas.

Apple não deixa mexer muito na tela de bloqueio

Apesar das opções de personalização, a Apple impõe alguns limites no que pode ser feito na tela de bloqueio do iOS 16.

Não é possível, por exemplo, mudar a posição dos widgets, do relógio e da data. Os atalhos rápidos para lanterna e câmera também não mudam.

Mesmo os widgets têm suas regras. Eles podem mostrar informações atualizadas, mas não é possível interagir com elas — ao tocar, você é levado até o respectivo app.

Com informações: MacRumors, 9to5Mac.