Nintendo Switch OLED chega oficialmente ao Brasil no dia 26 de setembro

Modelo mais recente do console híbrido da Nintendo traz novidades bem-vindas no modo portátil, mas nem tanto assim para quem joga na TV

Ricardo Syozi
Por

Finalmente aconteceu! A Big N confirmou a chegada do Nintendo Switch OLED no Brasil. O console híbrido será lançado oficialmente no país no dia 26 de setembro com o preço sugerido de R$ 2.699. Ele traz uma tela de 7 polegadas com um alto nível de contraste, além de uma nova base para o modo tabletop (também chamado de “semiportátil”).

Nintendo Switch OLED
Switch OLED (Imagem: Divulgação/Nintendo)

Com a confirmação da Nintendo, diversas lojas físicas e virtuais poderão comercializar o console em sua edição branca, a padrão. Além disso, é válido lembrar que o português do Brasil está disponível entre as opções de idioma do sistema operacional. A diferença na tela pode ser a característica mais importante do aparelho, mas há outras que merecem atenção.

Primeiramente, o videogame vem com uma nova base para conectar à televisão. Nela, há uma porta de entrada para um cabo LAN, permitindo uma conexão mais estável com a internet. Outro detalhe que vale o destaque é o armazenamento interno de 64 GB, o dobro da versão original do Switch.

Ademais, toda a biblioteca de jogos disponível até agora é compatível com o modelo OLED, assim como todos os controles Joy-Con lançados anteriormente. Ou seja, se você já tem itens diversos em sua coleção, não há a necessidade de adquirir novos para usar no console.

YouTube video

Switch OLED é feito para quem joga no modo portátil

Com a chegada no dia 26 de setembro no Brasil, o Nintendo Switch OLED é mais um modelo do console que será vendido oficialmente no país.

Ainda assim, o grande diferencial desta versão é a sua tela com mais contraste e cores vivas. Em outras palavras, ele é direcionado para quem usa frequentemente o modo portátil do aparelho. Se você costuma jogar mais na TV, então é importante apontar que o desempenho será o mesmo do original.

É verdade que a porta de entrada de conexão LAN é um diferencial, mas há diversos adaptadores USB para o mesmo propósito nas lojas. O espaço de armazenamento também é algo que pode (e deve) ser aumentado pelo usuário através SD cards.

Em suma, mesmo que o Switch OLED seja um gadget interessante para qualquer gamer, isso não quer dizer que você precisa se desfazer do seu modelo atual para adquiri-lo. Ao menos se você quiser uma experiência mais satisfatória no modo portátil.