Por pressão de streamers, Twitch bane sites de apostas da plataforma

Movimento surgiu de streamers de diversos tamanhos e importância; sites como Stake e Rollbit fazem parte dos veículos proibidos

Ricardo Syozi
Por
App da Twitch no celular (Imagem: Caspar Camille Rubin/Unsplash)

A Twitch decidiu fazer uma nova atualização em sua política de serviços, especialmente sobre o assunto jogos de azar. Sendo assim, a partir do dia 18 de outubro, a plataforma vai proibir o streaming de sites que ofereçam com roletas, caça-níqueis e outros tipos de apostas. Toda essa questão veio a partir de pedidos e reclamações de streamers e espectadores.

O comunicado da plataforma de streaming veio na terça-feira (21). Nele, a Twitch afirma que vai proibir conteúdo nas lives de sites como o Stake.com, Rollbit.com, Duelbits.com e Roobet.com. Com o passar das investigações, outras páginas poderão ser banidas.

Mesmo sendo um ponto de encontro para os principais produtores de conteúdo ao vivo da internet, especialmente nos games, há muitos outros assuntos na Twitch. É possível conferir partidas de RPG de mesa, pessoas tocando algum instrumento e, até mesmo, usuários em piscinas e banheiras interagindo com os espectadores.

Com tudo isso, parece que a plataforma tem dificuldades de criar uma linha do que pode ou não pode fazer em sua comunidade.

Por fim, vale apontar que o tópico “apostas” não é algo novo nas streams. É fácil encontrar pessoas promovendo sites e realizando jogatinas valendo dinheiro com espectadores e seguidores. Contudo, parece que agora as coisas vão realmente mudar.

Banimento surgiu a partir de streamers

A polêmica sobre os jogos de azar na Twitch começou no sábado (17) por causa dos relatos de um streamer chamado Sliker, como reportado pelo The Verge. Ele afirmou que mentiu para seus seguidores ao pedir dinheiro, mas, na verdade queria alimentar o seu vício por apostas.

Essa situação acendeu uma chama de discussão que acabou envolvendo muitos membros importantes da plataforma. Assim, nomes como Pokimane e Imane Anys deram início a uma ideia de boicote que ocorreria no período de Natal, importante para vendas e propagandas.

Como resultado da óbvia pressão, a Twitch acabou cedendo e proibindo poderosos sites de gambling de aparecerem em seu conteúdo ao vivo.

É claro que os envolvidos na polêmica comemoraram a decisão como você pode ver abaixo.

Com informações: CNET.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Relacionados