Para matar a saudade do Guitar Hero, este jogo põe a boca no trombone

Jogo musical traz o trombone como instrumento para a jogatina; mais de 20 faixas famosas como hinos e marchas fazem parte da brincadeira

Ricardo Syozi
Por

Jogos como Guitar Hero e Rock Band ainda são muito queridos pelos gamers, que sentem falta da jogabilidade fácil de aprender e difícil de dominar. Para abraçar essa nostalgia, o título Trombone Champ traz um estilo rítmico similar, mas com um instrumento pouco visto nos games. Bom, não é exatamente a mesma coisa, mas vale colocar a boca, ou melhor, os dedos nessa empreitada.

Trombone Champ (Imagem: Divulgação / Holy Wow)
Trombone Champ (Imagem: Divulgação / Holy Wow)

Desenvolvido e publicado pelo estúdio americano Holy Wow, Trombone Champ chegou à loja do Steam no dia 16 de setembro e já explodiu de popularidade na internet. A simplicidade da obra é mesclada à sua jogabilidade maluca e dinâmica.

Isto é, enquanto o avatar do jogador com cara de Mii da Nintendo fica do lado direito da tela, as notas musicais seguem para o lado esquerdo. Desse jeito, é preciso mover o mouse e usar o teclado no tempo certo para acertar o ritmo.

A partir daí, a diversão fica na bagunça dos sons que surgem, algo caótico e hilário. É claro que é possível aprender bem as características do game para dominá-lo, mas seu lado descompromissado é altamente incentivado na jogatina.

Há, até mesmo, o bom e velho modo freeplay, que realça o improviso das mais de 20 músicas disponíveis. Elas trazem sucessos como a Quinta Sinfonia de Beethoven e Take me to the ball game de Norworth e Von Tilzer.

Trombone Champ custa R$ 28,99 no Steam.

YouTube video

A brincadeira oferecida pelo estúdio Holy Wow é bacaninha, sem dúvida, mas a saudade do rock ‘n roll de games como Guitar Hero e Rock Band permanece.

O título mais recente da série que fez sucesso desde o PlayStation 2 foi lançado em 2015. Guitar Hero Live não conseguiu alcançar o mesmo patamar dos anteriores da franquia. Além disso, a Activision desligou os servidores em 2018, fazendo com que mais de 90% das músicas se tornassem inacessíveis.

Rock Band 4, o último da franquia principal, também chegou em 2015. Porém, os servidores ainda estão ativos em 2022. Mesmo assim, a obra não conseguiu o sucesso esperado pela desenvolvedora Harmonix.

Poder curtir faixas poderosas do rock é algo difícil de emular em instrumentos que não são a guitarra, o baixo e bateria. Mas, por enquanto, o que resta aos fãs de jogos musicais é abraçar títulos como Trombone Champ.