Amazon faz show de Steve Aoki para funcionários em meio a demissões

Show foi realizado na mesma semana em que Amazon confirmou demissões; 10.000 funcionários podem ter perdido o emprego

Emerson Alecrim
Por

Na quarta-feira (16), o DJ Steve Aoki fez um show para um grupo que parecia trabalhar na Amazon. Seria apenas um “mimo” para os trabalhadores se não fosse por um detalhe: o evento foi realizado logo após a companhia ter confirmado uma série de demissões. 10 mil pessoas podem ter perdido o emprego.

Amazon
Amazon (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Já havia rumores de que a empres se preparava para um corte de funcionários. Mas as demissões só foram confirmadas na quarta-feira, quando Dave Limp, vice-presidente sênior de dispositivos e serviços da Amazon, publicou uma carta aberta comunicando a decisão.

Quando um processo de demissão em massa é executado, o clima fica pesado, não só para os funcionários que perderam o emprego, mas também para aqueles que continuam na empresa. Será que foi por isso que a Amazon convidou um artista famoso para uma apresentação interna?

Há pelo menos duas hipóteses aqui. Uma é a de que o show de Steve Aoki tenha sido organizado por uma equipe da Amazon que não sabia que as demissões seriam anunciadas. O evento foi até transmitido via Twitch, em um canal para associados.

A outra, menos provável, é a de que a companhia tentou acalmar os ânimos com um pouco de entretenimento.

Seja como for, esse não parece ser o momento certo para isso. Um show realizado na mesma semana em que milhares de funcionários podem ter perdido o seu posto de trabalho transmite uma ideia de insensibilidade. Não pega bem.

O Verge lembra que algo parecido supostamente aconteceu em meio ao escândalo que quase destruiu a WeWork. Em 2016, o então CEO Adam Neumann teria organizado um show com o rapper Darryl McDaniels na empresa poucas semanas depois de ter demitido 7% de seus funcionários. De novo, não pegou bem.

10 mil pessoas podem ter sido demitidas

Em sua publicação, Dave Limp explicou que o corte de funcionários afeta a divisão de produtos e serviços da Amazon. O executivo só não revelou quantas pessoas foram afetadas pela decisão.

Porém, no início da semana, antes de a carta de Limp ter sido publicada, o New York Times relatou que o corte pode envolver cerca de 10 mil vagas. Ainda de acordo com o veículo, as demissões devem seguir um ritmo progressivo, ou seja, não serão anunciadas todas de uma vez.

Está aó mais uma razão para o show de Steve Aoki parecer ter sido realizado no momento errado.

Steve Aoki (imagem: World Poker Tour/Flickr)
Steve Aoki (imagem: World Poker Tour/Flickr)

É verdade que 10.000 vagas é um número pequeno frente à quantidade de pessoas que a Amazon empresa. Estima-se que esse total represente apenas 3% da base de funcionários corporativos (que atuam em escritórios) da companhia.

Por outro lado, uma redução de cargos pouco antes das compras de fim de ano sugere que a Amazon está sob forte pressão econômica e, por isso, precisa otimizar as suas operações.

Pressão que atinge outras companhias de tecnologia. Só para citar um exemplo recente, a Meta (Facebook) demitiu cerca de 11.000 funcionários na semana passada, algo em torno de 13% de sua força de trabalho.

O Verge afirma ter procurado a Amazon para comentar o show, mas não obteve retorno.

Relacionados

Relacionados