Liga/desliga: usuários poderão desativar contador de visualizações do Twitter

Novo recurso da rede social, que mostra quantas vezes um tweet foi visto, terá opção de ser desligado; mudança ainda não tem data para entrar no ar

Paula Alves
Por

Mal chegou na plataforma e o contador de visualizações do Twitter já deve receber um upgrade. Segundo Elon Musk, CEO da rede, além de mexer no design da ferramenta – que aparece em quase todas as mensagens, ao lado de informações como comentários e curtidas –, a empresa irá adicionar uma opção para que o usuário possa desligá-lo.

Logotipo do Twitter
Twitter (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A notícia foi compartilhada por Musk em sua própria conta da rede social, como uma resposta a um tweet que reclamava da nova estética da plataforma. Segundo o bilionário, ele acredita que “quase todo mundo vai gostar da mudança”, que tiraria a obrigatoriedade do recurso, recebido com reações mistas na internet.

Detalhes sobre a novidade não foram comentados pelo bilionário, nem como uma previsão de quando a mudança irá ao ar. No entanto, vale lembrar que a própria ferramenta também foi anunciada por Musk em sua conta, que, na ocasião, explicou que ela tornaria o Twitter “mais vivo”.

Segundo o CEO, mais de 90% dos usuários leem, mas não twittam, respondem ou curtem uma mensagem da rede, já que essas são ações públicas. Dessa maneira, o contador de visualizações ajudaria a mostrar o impacto que essas mensagens têm no serviço, mascarado por essa falta de interação.

Views públicas do tweet dividiram opiniões

Lançado na plataforma no último dia 22 de dezembro, o contador de visualizações chegou a agradar alguns usuários, mas também causou muitas reações negativas.

Além de reclamações sobre o seu design, que, de acordo com alguns usuários, estava atrapalhando a interação das pessoas no serviço, houve até quem chamasse atenção para o fato de que a métrica já existia na plataforma, só que de maneira privada.

Disponível no ícone de três pontos > “Ver estatísticas do tweet”, o número de views só podia ser observado pelo próprio autor da postagem – algo que mudou com a atualização, quando o contador se transformou em uma informação pública.

Segundo a plataforma, atualmente, apenas três tipos de mensagens não foram impactadas pela ferramenta: tweets feitos em comunidades, tweets antigos (postados antes da atualização) e tweets direcionados ao seu círculo do Twitter.

Com informações: Mashable e Business Insider

Relacionados

Relacionados