Homologada pela Anatel, Marshall Emberton é pequena, mas com bateria grande

Aparelhos chegaram às lojas dos EUA no primeiro semestre de 2022; eles oferecem tamanho compacto e prova d’água, mas nada de Bluetooth 5.1

Ricardo Syozi Everton Favretto
Por e

A Anatel realizou a homologação das duas novas caixas de som Bluetooth da marca Marshall. Dessa forma, tanto a Emberton I quanto a Emberton II já podem ser comercializadas no Brasil. Segundo a companhia, os gadgets oferecem mais de 20 horas de uso sem precisar recarregar. Outro destaque é a tecnologia de som 360°, que promete entregar uma qualidade de áudio multidirecional.

Marshall Emberton
Caixa de som Emberton (Imagem: Divulgação / Marshall)

Através das informações divulgadas pela Agência Nacional de Telecomunicações, é possível notar que a emissão da homologação ocorreu no dia 22 de dezembro de 2022. A requerente foi a Admiralty Importação e Exportação, enquanto a fabricante é a Zound Industries International AB.

Assim, ambas as caixas de som Bluetooth podem ser vendidas no país nas mesmas cores disponíveis no exterior. A Emberton I traz as opções Black, Cream, Black & Brass e Forest. Já a Emberton II tem apenas as versões Black & Brass e Cream.

É importante apontar que no Certificado de Conformidade Técnica há a informação de que os dois aparelhos têm as mesmas características uma da outra. As diferenças entre os modelos é a duração da bateria, opções de cores e atualização para IP67, exclusiva da versão Emberton II.

Elas foram lançadas nos Estados Unidos em maio de 2022 com preços a partir de US$ 169,99.

caixa de som marshall
Parte de cima da caixa de som Bluetooth (Imagem: Divulgação / Marshall)

Compacto e à prova d’água

Ambas novas caixas de som da Marshall trazem características interessantes. Começando pelo tamanho, os gadgets são pequenos e compactos, mas não chegam a desaparecer em meio a outros objetos. Além disso, não pesam mais do que 0,7 kg, facilitando a locomoção para festas e outros locais.

A Marshall preferiu optar pela certificação IP67 neste novo modelo, ou seja, eles são à prova d’água e à poeira. Para quem espera usar os aparelhos por bastante tempo, a marca afirma que a bateria interna dura mais de 20 horas de uso portátil. Com apenas 20 minutos de carga, é possível curtir pelo menos cinco horas de músicas e podcasts. Contudo, há a necessidade de recarregar por três horas para ter 100% de energia. Tudo através de USB-C, claro.

Já a conexão Bluetooth é a 5.0, nada de 5.1 aqui, o que é uma pena.

Por fim, uma característica que chamou a minha atenção é o indicador de bateria na parte superior da Emberton. Ele tem 10 segmentos que representam a carga atual de energia. Isso facilita durante o uso, pois não pega o usuário de surpresa nos momentos mais importantes do dia.

Com informações: Marshall.

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Everton Favretto

Assistente de Conteúdo

Everton Favretto é bacharel em Tecnologias Digitais pela UCS e caça homologações da Anatel para o Tecnoblog. Gosta de telefones (velhos e novos) e está sempre pronto para falar de aviões. Consegue identificar um modelo de 737 olhando para a fotografia dele e tem um Raspberry Pi Zero W na sacada só para rastrear as aeronaves por ADS-B.

Relacionados

Relacionados