AMD anuncia chips Ryzen 4000 com Radeon Graphics para desktops

Além de 12 chips da série Ryzen 4000, AMD anunciou seis processadores Athlon 3000 para desktops

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 2 anos
AMD Ryzen

Quando a AMD revelou os chips Ryzen 4000 para notebooks, uma pergunta pairou no ar: quando teremos as versões para desktops da nova série? Demorou um pouco, mas elas já estão chegando. Os processadores AMD Ryzen 4000 para desktops foram anunciados oficialmente nesta terça-feira (21).

Esta leva é composta por 12 processadores, sem contar os novos chips Athlon (falaremos deles já, já). Baseados na arquitetura Zen 2 (chips Zen 3 vão chegar mais tarde, mas ainda em 2020), todos contam com tecnologia de 7 nanômetros, GPU Radeon Graphics e soquete AM4.

TDPs de 65 W e 35W (estes são identificados com o sufixo GE), suporte a memórias DDR4 de até 3.200 MHz e compatibilidade com o PCI Express 3.0 (pois é, nada de PCIe 4.0) fazem parte das demais características.

São duas séries, na verdade. A primeira, voltada a PCs domésticos, é a AMD Ryzen 4000G:

Núcleos / Threads Clock base / máx. Cache Núcleos gráficos Clock gráficos TDP
Ryzen 7 4700G 8 / 16 3,6 / 4,4 GHz 12 MB 8 2.100 MHz 65 W
Ryzen 7 4700GE 8 / 16 3,1 / 4,3 GHz 12 MB 8 2.000 MHz 35 W
Ryzen 5 4600G 6 / 12 3,7 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 65 W
Ryzen 5 4600GE 6 / 12 3,3 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 35 W
Ryzen 3 4300G 4 / 8 3,8 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 65 W
Ryzen 3 4300GE 4 / 8 3,5 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 35 W

A segunda série é a AMD Ryzen Pro 4000G, direcionada ao segmento profissional ou corporativo. Como tal, os chips dessa linha contam com tecnologias como AMD Memory Guard (protege a memória com criptografia) e AMD Secure Processor (protege o sistema de ataques no nível do hardware), controle de qualidade aprimorado, entre outros atributos. São eles:

Núcleos / Threads Clock base / máx. Cache Núcleos gráficos Clock gráficos TDP
Ryzen 7 Pro 4750G 8 / 16 3,6 / 4,4 GHz 12 MB 8 2.100 MHz 65 W
Ryzen 7 Pro 4750GE 8 / 16 3,1 / 4,3 GHz 12 MB 8 2.000 MHz 35 W
Ryzen 5 Pro 4650G 6 / 12 3,7 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 65 W
Ryzen 5 Pro 4650GE 6 / 12 3,3 / 4,2 GHz 11 MB 7 1.900 MHz 35 W
Ryzen 3 Pro 4350G 4 / 8 3,8 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 65 W
Ryzen 3 Pro 4350GE 4 / 8 3,5 / 4 GHz 6 MB 6 1.700 MHz 35 W

Como sempre, os novos processadores chegam com a promessa de mais desempenho. A AMD diz que o octa-core Ryzen 7 4700G — o mais poderoso da linha ao lado do Ryzen 7 Pro 4750G — é até 2,5 vezes mais poderoso em multithread do que a geração anterior, por exemplo.

Ainda de acordo com a companhia, o mesmo chip é até 31% mais rápido que o Core i7-9700 em multithread e tem performance gráfica até 202% superior a este.

AMD Ryzen Pro

AMD Athlon 3000 para desktops

Para computadores que priorizam o fator custo em vez do desempenho, a AMD anunciou seis processadores para a série Athlon 3000, dos quais três são versões Pro. Assim como os novos Ryzen, todos são baseados na arquitetura Zen 2 e trazem GPU Radeon Graphics, embora com apenas três núcleos gráficos:

Núcleos / Threads Clock base / máx. Cache Núcleos gráficos TDP
Athlon Gold 3150G 4 / 4 3,9 GHz / – 6 MB 3 65 W
Athlon Gold 3150GE 4 / 4 3,8 GHz / – 6 MB 3 35 W
Athlon Silver 3050GE 2 / 4 3,4 GHz / – 5 MB 3 35 W
Athlon Gold Pro 3150G 4 / 4 3,5 / 3,9 GHz 6 MB 3 65 W
Athlon Gold Pro 3150GE 4 / 4 3,3 / 3,8 GHz 6 MB 3 35 W
Athlon Silver Pro 3050GE 2 / 4 3,4 GHz / – 5 MB 3 35 W

Quanto e quando?

Este é o momento do balde de água fria: ainda não temos informações sobre preços e data de disponibilidade dos novos chips Ryzen e Athlon. Inicialmente, esses processadores serão fornecidos somente a fabricantes de PCs (OEM). Por esse motivo, também não há informações sobre preços.

A possibilidade de a AMD lançar os novos Ryzen em “caixinhas” para consumidores não está descartada, mas a companhia não deu previsão de data para isso.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados