A essa altura do campeonato, você já deve ter pelo menos ouvido falar no Secret. O app, que chegou oficialmente ao Brasil em maio, permite compartilhar seus segredos com seus amigos, mas sem que eles saibam quem você é. Eles podem, também anonimamente, curtir e comentar o tal segredo.

O problema é que tem gente usando o app para o mal, revelando segredos de outras pessoas, inclusive com os nomes dos envolvidos e as fotos. E, às vezes, postando mentiras também. Isso tudo além das mensagens racistas, homofóbicas e preconceituosas que surgem.

Um grupo de 10 brasileiros que foram ofendidos de alguma forma por postagens no aplicativo se juntou para tirá-lo do ar por aqui. O consultor de marketing Bruno de Freitas Machado é o responsável pela criação do grupo e resolveu tomar essa atitude depois de que fotos suas nu foram publicadas lá sem seu consentimento, junto com seu nome e local de trabalho. “Disseram que eu tenho HIV, que participo de orgias com os amigos”, disse em entrevista à Folha de S.Paulo.

A advogada Gisele Arantes representa o grupo e irá pedir a remoção do Secret no Brasil. A justificativa é que ele vai contra o Marco Civil e até a Constituição, pois permite que qualquer um fale o que quiser anonimamente e tem os termos de uso disponíveis somente em inglês.

Sobre a polêmica, o Secret diz que trabalha para criar uma experiência agradável para todos os usuários e que considera “inaceitável” a má conduta, que bate de frente com as recomendações para o uso. Há uma equipe que analisa o conteúdo denunciado e o tira do ar em algumas horas, mas esse trabalho depende da ação da comunidade em fazer as denúncias. “Sinalizar, bloquear e remover postagens são todas medidas fáceis para um membro quando ele se deparar com conteúdo que não deveria estar ali”, disse uma porta-voz à Folha.

secret
Screenshots tirados da fanpage Vou Te Contar Um Secret

O Secret consegue, portanto, remover rapidamente posts difamatórios. Mas, se quiser tomar medidas legais contra o agressor – afinal, serás eternamente responsável pelo conteúdo que crias, mesmo anonimamente – , é preciso enviar um mandado judicial para que ele tenha a identidade revelada. Sim, o Secret mantém as informações do autor atreladas ao post, mas elas não são visíveis para os usuários.

Se quiser brincar de contar segredos, o aplicativo é gratuito e está disponível para iOS e Android. Não custa lembrar: mantenha o bom senso, contando segredos só seus, e sempre denuncie conteúdo inapropriado para ajudar a comunidade.

Receba mais sobre Secret na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovana Penatti

Giovana Penatti

Ex-editora

Giovana Penatti é jornalista formada pela Unesp e foi editora no Tecnoblog entre 2013 e 2014. Escreveu sobre inovação, produtos, crowdfunding e cobriu eventos nacionais e internacionais. Em 2009, foi vencedora do prêmio Rumos do Jornalismo Cultural, do Itaú. É especialista em marketing de conteúdo e comunicação corporativa.

Canal Exclusivo

Relacionados