Galaxy M62 é homologado com bateria enorme e carregador

Samsung Galaxy M62 é homologado nos Estados Unidos com bateria grande, de 7.000 mAh; documentação cita carregador de 25 W

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos
Samsung Galaxy M31 - Tecnoblog
Samsung Galaxy M31 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O suposto Samsung Galaxy M62 recebeu o selo de aprovação da FCC, agência equivalente à Anatel nos Estados Unidos. Na homologação, o futuro celular da Samsung apareceu com bateria enorme, de 7.000 mAh, e carregador de 25 watts. Mas a data de lançamento do smartphone da marca sul-coreana ainda é um mistério.

O celular deu as caras na documentação da agência com o modelo “SM-M62F/DS”, que tende a se referir ao suposto Galaxy M62. Além disso, o certificado ainda menciona o modelo “SM-E625F”; acredita-se que o telefone também pode ser lançado em alguns países batizado como Galaxy F62.

Samsung Galaxy M62 pode ter bateria de 7.000 mAh

Alguns detalhes do smartphone foram revelados pela homologação da FCC. É o caso da bateria EB-BM415ABY, homologada pela Anatel, no Brasil, em setembro de 2020 com capacidade típica de 7.000 mAh, assim como o Galaxy M51, lançado no Brasil em novembro de 2020.

O documento também cita outros acessórios do celular, como o carregador EP-TA800, de 25 watts. O smartphone ainda deve contar com porta USB-C e entrada dedicada para fones de ouvidos (3,5 mm).

Espera-se que o telefone da Samsung traga ficha técnica intermediária. Isto porque celular de modelo SM-E625F deu as caras em um teste de benchmark (Geekbench) com o processador Samsung Exynos 9825, 6 GB de RAM e Android 11. Demais especificações ainda são um mistério.

Não há previsão de lançamento do Samsung Galaxy M62.

Com informações: GSMArena e MyFixGuide

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.

Canal Exclusivo

Relacionados