Samsung quer lançar Galaxy Note dobrável em 2018

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 mês
Lembra desse sistema?

Hoje é o dia da Apple apresentar os novos iPhones (não que você ainda não os conheça), então a Samsung achou que seria uma boa ideia roubar um pouquinho da atenção. Em um movimento incomum, o presidente da divisão de dispositivos móveis da Samsung, DJ Koh, deu uma entrevista à Associated Press comentando os planos futuros da empresa — que envolvem um smartphone dobrável.

Ainda não está confirmado o lançamento de um Galaxy Note com tela dobrável para 2018. “Como chefe da divisão, posso dizer que nosso objetivo atual é o ano que vem”, garante Koh. No entanto, como informa a Associated Press, “existem vários obstáculos que precisam ser superados, deixando espaço para cancelar o lançamento se os problemas não forem resolvidos”, sem detalhar quais seriam esses “obstáculos”.

Fato é que a empresa vem demonstrando uma tecnologia de telas dobráveis há mais de cinco anos. Os displays Samsung YOUM consistem de painéis OLED com substrato de plástico, que permitem dobrá-los sem causar danos. Um dos primeiros exemplos do que era possível fazer com uma tela dobrável foi um smartphone com visor curvado dos dois lados, algo que hoje é realidade (mas utilizando outra tecnologia).

Outras empresas vêm apresentando protótipos de telas dobráveis, notavelmente a Lenovo. O Folio tem um display de 5,5 polegadas no modo smartphone e pode ser desdobrado para se transformar em um tablet de 7,8 polegadas. Para um smartphone que foca em uma produtividade e pode ser utilizado com uma caneta, como o Galaxy Note, essa ideia faz bastante sentido.

Saberemos se os planos da Samsung deram certo no final de 2018.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados