Exclusivo: Itaú libera cartões adicionais no Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay

Até então, apenas titulares principais de cartões podiam fazer compras por meio das carteiras digitais

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Itaú / Apple Pay

Quem não é o primeiro titular de um cartão do Itaú finalmente poderá fazer compras por meio do Apple Pay, Google Pay ou Samsung Pay. O banco informa ao Tecnoblog que, a partir de terça-feira (3), todos os cartões de crédito, cartões de débito e seus adicionais poderão ser habilitados nas carteiras digitais.

O Itaú estreou com exclusividade em abril de 2018 no Apple Pay com cartões de crédito. Meses depois, a instituição financeira passou a figurar no Samsung Pay e no Google Pay. No último mês de abril, após um longo período de testes, os cartões de débito e múltiplo foram liberados nas carteiras digitais. Diferente de outros bancos, não há diferenciação por segmentação, então mesmo cartões básicos podem ser cadastrados.

Só faltavam os cartões adicionais do banco, que passam a ser suportados com esta última atualização. Segundo a empresa, “100% dos cartões do Itaú Unibanco de crédito, débito e seus adicionais poderão ser utilizados nas carteiras digitais Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay”. A novidade vale tanto para cartões Itaucard quanto Credicard.

De acordo com o Itaú, já foram realizados mais de 2 milhões de cadastros com os cartões do banco nas carteiras digitais, que geraram 25 milhões de transações pelos celulares e smartwatches.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados