macOS Catalina melhora recarga e vida útil da bateria dos MacBooks

Função, ainda em testes, já vem ativada por padrão e promete aumentar a vida útil da bateria (sem dizer quanto)

André Fogaça
Por
• Atualizado há 2 anos e 6 meses
MacBook Pro (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A Apple começou a distribuir a versão 10.15.5 do macOS Catalina para desenvolvedores, com um recurso que promete melhorar a recarga e a vida útil da bateria dos MacBooks. A ideia é de entregar uma recarga mais inteligente, semelhante ao que vários smartphones já utilizam.

Para que as baterias de smartphones durem mais tempo, alguns fabricantes escolhem não enviar toda a energia para recarregar a carga de uma só vez. Os aparelhos conseguem carregar aos poucos e reduzir a entrada de energia nos momentos finais – alguns colocam os 100% de energia só quando o usuário está acordando.

No macOS a Apple vai adotar mais ou menos a mesma estratégia para os MacBooks. O recurso tem nome de “gerenciador de saúde da bateria” e ele será responsável por aprender como que o usuário recarrega a bateria do portátil, qual é seu histórico de aquecimento, como o processador é utilizado e até mesmo a temperatura ambiente.

Com estes dados o macOS Catalina poderá otimizar a entrega de energia, com objetivo de retardar o envelhecimento que as reações químicas da bateria apresentam.

Assim que chegar para todos os usuários, o recurso já estará funcionando por padrão, mas poderá ser desligado. Este gerenciamento estará disponível para todos os MacBooks que utilizam recarga por porta Thunderbolt 3, o que inclui todos os MacBooks Pro lançados após 2016 e os MacBook Air fabricados desde 2018.

Com informações: CNET e The Verge.

Relacionados