Mercado Livre pode levar multa de R$ 5,4 milhões por irregularidades

Exclusivo › Mais de 93 mil câmeras de segurança IP eram ofertadas na plataforma sem certificação da agência reguladora. MeLi pede a invalidação do caso.

Thássius Veloso Everton Favretto
Por e
• Atualizado há 11 meses
Mais de 93 mil unidades de câmera de segurança IP foram detectadas pela Anatel no Mercado Livre (Imagem: Reprodução/Internet)
Mais de 93 mil unidades de câmera de segurança IP foram detectadas pela Anatel no Mercado Livre (Imagem: Reprodução/Internet)

A Anatel pretende aplicar uma multa de R$ 5,4 milhões ao Mercado Livre por causa da venda de equipamentos eletrônicos considerados irregulares pela agência reguladora. Os itens não estariam em conformidade com as regras nacionais de homologação de aparelhos com tecnologias de radiofrequência (como Wi-Fi e 4G, por exemplo). A plataforma de vendas informa ao Tecnoblog que discorda da multa.

O processo 53542.000706 da Agência Nacional de Telecomunicações começou em março de 2022. De lá para cá ocorreram os trâmites de contestação. Chama a atenção os tipos de produtos que são alvo da multa. Conforme documentação obtida com exclusividade pelo Tecnoblog, alguns deles eram ofertados em quantidades vultosas. Confira no resumo abaixo.

ProdutoQuantidade (unidades)
Câmera de segurança IP com Wi-Fi e imagem Full HD93.988
Câmera de segurança IP com imagem 360º772
Babá eletrônica Wi-Fi com visão noturna30
Carregador de celular X Cell com 4 saídas USB e 36W5
Celular Doogee V10 5G2

Inicialmente, a Anatel pretendia cobrar multa de R$ 2.640. Ao longo do processo, porém, os representantes do órgão optaram por aplicar uma nova metodologia de cálculo, prevista numa resolução publicada em novembro de 2022.

O escritório BBL Advogados, representante do Mercado Livre no processo administrativo, classificou o aumento para R$ 5,4 milhões como “exorbitante valor”.

Guerra de braço entre Anatel e Mercado Livre

Celular Doogee V10 5G tem sensor infravermelho que funciona como termômetro (Imagem: Divulgação/Doogee)
Celular Doogee V10 5G tem sensor infravermelho que funciona como termômetro (Imagem: Divulgação/Doogee)

Nós apuramos que o pano de fundo dessa disputa tem a ver com o modelo de funcionamento do Mercado Livre. Como se sabe, trata-se de uma plataforma que conecta lojistas a compradores. A Anatel deseja que a plataforma integre o sistema de cadastro de anúncios dela ao sistema de itens certificados do órgão.

A Anatel foi procurada pela reportagem, mas não respondeu ao pedido de entrevista até a publicação deste texto.

Em nota ao Tecnoblog, o Mercado Livre explica que apresentou recurso e solicitou a invalidação da multa. De acordo com a plataforma, “não existe obrigação legal quanto à sua fiscalização prévia de anúncios veiculados na plataforma por terceiros” .

A companhia ainda ressalta que atua proativamente para coibir tentativas de mau uso da plataforma e que colabora com a Anatel na “implementação de medidas que possam auxiliar o poder de fiscalização da agência”.

Mercado Livre tem até avião (Imagem: Divulgação/Mercado Livre)
Mercado Livre tem até avião (Imagem: Divulgação/Mercado Livre)

Já no processo, a plataforma também diz que “atua como provedor de aplicações de internet” e que está sujeita à regras do Marco Civil da Internet. Sendo assim, não poderia ser responsabilizada por atos de terceiros.

Essa história toda começou em 2021 e o assunto parece estar longe do fim.

Receba mais sobre Mercado Livre na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Também atua como comentarista da GloboNews, palestrante, mediador e apresentador de eventos. Tem passagem pela CBN e pelo TechTudo. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Everton Favretto

Everton Favretto

Assistente de Conteúdo

Everton Favretto é bacharel em Tecnologias Digitais pela UCS e caça homologações da Anatel para o Tecnoblog. Gosta de telefones (velhos e novos) e está sempre pronto para falar de aviões. Consegue identificar um modelo de 737 olhando para a fotografia dele e tem um Raspberry Pi Zero W na sacada só para rastrear as aeronaves por ADS-B.

Relacionados