Microsoft (Imagem: Raimond Spekking/Wikimedia Commons)
Raimond Spekking/Wikimedia Commons

A Microsoft publicou um documento onde afirma que contas da plataforma da empresa e que estão inativas por mais de dois anos, serão apagadas automaticamente. A alteração demonstra ser drástica, mas não envolverá usuários que já compraram algum serviço dentro da loja online, ou que ainda contam com dinheiro armazenado na carteira virtual.

Para considerar que uma conta é inativa, basta não utilizá-la para nenhum fim por dois anos seguidos – isso inclui até mesmo um login feito. Antes da nova norma, o prazo para considerar uma conta como inativa era de cinco anos.

Algumas exceções para este prazo foram listadas como ter feito compras na loja online da empresa (como assinatura do Office 365 ou espaço extra no OneDrive), ter alguma assinatura associada com a conta da Microsoft, ter algum aplicativo publicado na Microsoft Store, se recebeu algum certificado de algum curso oferecido pela gigante do software, se continua com saldo na carteira virtual, se faz parte de uma conta familiar ou se existe alguma ordem judicial para que a conta continue ativa.

Esta alteração entre em vigor a partir do dia 30 de agosto deste ano e se sua conta estiver inativa por mais do que dois anos contados ainda dentro da regra anterior, basta fazer um login para que ela não seja apagada dos servidores.

Vale lembrar que alguns serviços utilizam períodos de inatividade diferentes, como é o caso do Outlook.com e do OneDrive, ambos com um ano sem acesso para identificar a conta como sem atividade.

Com informações: Microsoft.

Receba mais sobre Microsoft na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
André Fogaça

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Canal Exclusivo

Relacionados