MobileFusion

Seu smartphone pode fazer coisas mais incríveis do que você imagina. Dar uma de scanner 3D, por exemplo. É o que a Microsoft Research afirma. Em parceria com a Universidade de Oxford, a divisão criou um aplicativo chamado MobileFusion que permite a “digitalização” de praticamente qualquer objeto ao seu redor.

Não é preciso adotar nenhuma técnica avançada para fazer a mágica acontecer. Basta capturar imagens do objeto por alguns segundos, quase como se você estivesse fazendo uma filmagem rápida. O cuidado que se deve ter é o de explorar vários ângulos, mas, para isso, é só seguir as orientações do app.

À medida que a captura de imagens é feita, o software calcula as dimensões e a profundidade. No final do processo, os algoritmos eliminam as imagens de fundo e geram um modelo 3D do objeto preservando proporções e, tanto quanto possível, cores.

O processo todo acontece em cinco fases, que incluem identificar as informações do ambiente para separá-las do objeto e analisar a sobreposição dos frames para auxiliar nas estimativas de profundidade.

Para assegurar o máximo possível de precisão, o MobileFusion também é capaz de regular parâmetros como exposição, ISO e foco da câmera. Isso diminui consideravelmente as chances de pequenas mudanças de iluminação ou orientação alterarem o formato do modelo 3D.

A parte mais interessante é que não é necessário recorrer a acessórios especiais para fazer a digitalização. “O ponto de partida é um sensor que todo mundo tem no bolso, ou seja, a câmera do smartphone”, ressalta Shahram Izadi, um dos líderes do projeto.

Tampouco é necessário contar com processamento nas nuvens. O poder computacional dos smartphones atuais, mesmo os medianos, é suficiente para dar conta de todas as etapas do procedimento. Esse, aliás, foi um dos fatores que motivaram a realização do projeto.

MobileFusion

Os pesquisadores afirmam que o resultado final da captura é bem completo. Com isso, os modelos gerados podem ser usados em várias aplicações: projetos de arquitetura, modelagem para impressão 3D, criação de cenários para jogos, exames médicos de imagem e o que mais a imaginação permitir.

Ainda não é possível instalar o MobileFusion em seu aparelho. A boa notícia é que a disponibilidade do aplicativo não deve demorar. Atualmente, a Microsoft trabalha para criar versões da ferramenta para as três principais plataformas móveis do mercado: iOS, Android e Windows Phone (note que o vídeo de demonstração foi feito com um iPhone).

Mais detalhes devem ser dados em outubro, em um simpósio sobre realidade aumentada que servirá de palco para a apresentação do MobileFusion ao meio acadêmico. Enquanto isso, dá para recorrer a apps como o Autodesk 123D Catch, mas é bom deixar avisado: esse é um software com perfil mais profissional e, portanto, não tão fácil de se usar.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados