Microsoft lança Skype Lite para funcionar até em conexões 2G

Jean Prado
Por
• Atualizado há 2 meses

Se você está em uma conexão lenta e nenhum aplicativo de chamadas consegue ser útil, a Microsoft pode resolver isso. Nesta quarta-feira (22), a empresa lançou o Skype Lite, versão mais leve do Skype que promete funcionar até em conexões 2G e em celulares que não aguentam muita coisa.

Com 13 MB, o aplicativo foi pensado para ser instalado em aparelhos com 4 GB ou 8 GB de memória interna. Ele é feito para não exigir muito poder de processamento ou bateria, além de aproveitar o máximo da conexão, mesmo que em EDGE, para sua chamada ficar minimamente decente.

Apesar de leve, o app não abre mão de fazer chamadas de vídeo. De quebra, ele oferece uma opção para economizar os dados móveis se o seu plano de dados é limitado. Dá para acompanhar o uso de dados no aplicativo tocando no menu hambúrguer. Veja o funcionamento do app abaixo (quem dera se a qualidade da imagem em uma conexão realmente ruim fosse como é mostrada aqui):

Desenvolvido especialmente para a Índia, o Skype Lite tem integração com SMS e suporte à identificação indiana Aadhaar, que ajuda a identificar precisamente e de forma segura as pessoas que estão na chamada. Em uma entrevista de emprego, por exemplo, uma pessoa pode pedir para a outra inserir um código de 12 dígitos para garantir que não é um perfil falso.

O aplicativo está disponível apenas para Android. Por enquanto, a Microsoft só menciona a Índia na lista de países que têm acesso ao Skype Lite. Mas bem que algo parecido poderia sair por aqui, hein?

Com informações: The VergeMashable.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Jean Prado

Jean Prado

Ex-autor

Jean Prado é jornalista de tecnologia e conta com certificados nas áreas de Ciência de Dados, Python e Ciências Políticas. É especialista em análise e visualização de dados, e foi autor do Tecnoblog entre 2015 e 2018. Atualmente integra a equipe do Greenpeace Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados