Nova CEO do Twitter negocia dívida com Google Cloud e propõe parceria em anúncios

Linda Yaccarino, nova CEO da rede social, busca melhorar relação com Google e pagar dívidas; Yaccarino estaria propondo até retorno de anúncios do serviço no Twitter

Felipe Freitas
Por
Twitter
Twitter não fez o Seu Madruga e pagou o que devia (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Linda Yaccarino já está mostrando serviço no Twitter. De acordo com o Wall Street Journal, a primeira tarefa de grande porte da CEO do Twitter é melhorar a relação com o Google Cloud e pagar a dívida com esta empresa. Mais do que pagar o que deve, Yaccarino quer que o serviço volte a anunciar na plataforma.

Semanas atrás, a newsletter Plataformer, mantida pelo especialista em big techs Casey Newton, revelou que o rede social, ainda sob comando do seu dono Elon Musk, negou-se a pagar a conta do Google Cloud. Uma parte da operação do Twitter é hospedada em seu servidores, mas a rede social depende da nuvem do Google para as atividades de combate a abuso infantil e spam.

Yaccarino mostra passado na NBC para negociar com Google

Ex-diretora de anúncios na NBC, Linda Yaccarino usou a sua experiência para resolver a pendência com o Google — que no passado já foi parceiro do Twitter com seus serviço de nuvem. Ainda segundo o Wall Street Journal, Yaccarino está negociando o retorno dos anúncios do Google Cloud para a rede social.

Em junho, o New York Times teve acesso a documentos do Twitter em que mostram que a receita de anúncios caiu 59% em abril — comparado com o mesmo mês em 2023. O total arrecadado no período foi US$ 88 milhões. Logo, ao pagar as dívidas e melhorar o relacionamento entre as duas empresas, Yaccarino busca recuperar os anunciantes e, principalmente, o dinheiro perdido nos últimos meses.

Linda Yaccarino, nova CEO do Twitter, foi diretora de anúncios na NBC (Imagem: Reprodução / Instagram)
Linda Yaccarino, nova CEO do Twitter, foi diretora de anúncios na NBC (Imagem: Reprodução / Instagram)

É necessário destacar o “nos últimos meses” pois, na mesma matéria citada do NYT, foi revelado que não só abril foi um mês ruim, como em algumas semanas o Twitter também não estava batendo a meta de vendas de anúncios.

Valor da dívida do Twitter com o Google Cloud

De acordo com pessoas envolvidas no assunto, a dívida do Twitter com o serviço era de mais de US$ 20 milhões (quase R$ 100 milhões). A rede social também ficou sem pagar dívidas do Amazon Web Services, que fornece a infraestrutura para a divisão de anúncios do Twitter.

Com informações: The Verge

Receba mais sobre Twitter na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados