Pix Cobrança é adiado mais uma vez pelo Banco Central

Início das operações do Pix Cobrança é adiado pela segunda vez – agora para o mês de maio; o Banco Central não explicou o motivo

Ana Marques
Por
• Atualizado há 1 ano e 7 meses
Pix (Imagem: Divulgação/Banco Central)
Pix (Imagem: Divulgação/Banco Central)

O Pix Cobrança, modalidade que funciona de forma semelhante a um boleto, permitindo gerar pagamentos com vencimento, foi adiado novamente pelo Banco Central (BC). A ferramenta tinha previsão inicial de estreia para 04 de janeiro de 2021, porém, ainda em dezembro de 2020, o prazo foi alterado para 15 de março. Agora, o Pix Cobrança tem uma nova data para começar a funcionar: 14 de maio.

O Banco Central não explicou o motivo do segundo adiamento, publicado nesta segunda-feira (15) no Diário Oficial da União, mas informou que os participantes do Pix que já oferecem Pix Cobrança terão até 30 de abril para concluir as etapas de validação de QR Codes.

Como funciona o Pix Cobrança?

Com o Pix Cobrança, empresas e microempreendedores podem gerar um código QR para transações com vencimento em datas posteriores. A modalidade poderá contar com juros, multas e descontos. Atualmente, já é possível emitir um QR Code para pagamentos imediatos, mas isso exige que a sua conta tenha saldo naquele exato momento.

Pix permite transferências 24 horas por dia

O Pix é um sistema de pagamentos instantâneo lançado pelo BC em novembro de 2020. O método permite realizar transações entre contas bancárias em até 10 segundos, 24 horas por dia, 7 dias por semana, e é gratuito para pessoas físicas.

Para usar, basta acessar o aplicativo do seu banco e buscar pela opção “Pix”. Você pode cadastrar chaves eletrônicas com seu CPF, número de celular ou e-mail, e também pode gerar chaves aleatórias.

No início de março, o Pix começou a ter os mesmos limites de transferência do TED entre 06h e 20h, em qualquer dia da semana. Já entre as 20h e 6h, os limites são os mesmos praticados para cartões de débito no mesmo período – o valor pode variar de banco para banco.

Com informações: Agência Brasil

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados