A Qualcomm teve um ano bastante agitado, envolvendo-se em uma enorme disputa com a Apple, acirrando a concorrência com a Intel, e lidando com uma tentativa de aquisição. A empresa fez algumas mudanças na cúpula, e promoveu um brasileiro a presidente.

Cristiano R. Amon será o presidente da Qualcomm Incorporated a partir de 4 de janeiro de 2018. Além disso, ele continuará sendo presidente global da área de semicondutores (QCT) — cargo que ocupava desde 2015.

Amon é formado em engenharia elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ele foi diretor técnico da operadora móvel Vésper (adquirida pela Embratel), e trabalhou na NEC e Ericsson antes de entrar na Qualcomm em 1995.

O brasileiro foi subindo de cargo e, em 2008, passou a gerenciar o roadmap de semicondutores da empresa. “Amon posicionou a Qualcomm como líder da indústria em tecnologia móvel, construiu com sucesso a estratégia e os negócios de chipset na China, impulsionou o crescimento em mercados adjacentes, e desenvolveu relacionamentos profundos e estratégicos para nosso sucesso a longo prazo”, diz a empresa em comunicado.

Ele vai substituir Derek K. Aberle, que era o presidente da Qualcomm Incorporated desde 2014 e está deixando a empresa.

Amon vai responder diretamente ao CEO Steve Mollenkopf, e será responsável por diversas áreas, incluindo internet das coisas, carros conectados e a transição para o 5G.

Receba mais sobre Qualcomm na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados