Foto por AdamPrzezdziek/Flickr

O Snapchat está em apuros, e preparou um redesign no app para torná-lo mais interessante. Seus amigos, com snaps e mensagens, ficam à esquerda; enquanto o conteúdo de marcas e sites fica à direita.

O redesign foi distribuído para alguns usuários no Reino Unido, Canadá e Austrália — e a maioria deles odiou as mudanças, dizendo que ficou mais difícil usar o app.

Segundo o TechCrunch, 83% das opiniões na App Store do iOS são negativas, ou seja, consistem em uma ou duas estrelas. As palavras-chave mais mencionadas nas críticas incluem “nova atualização”, “stories” e “corrigir”.

Antigamente, o Snapchat deixava a lateral esquerda apenas para mensagens; enquanto a lateral direita exibia stories e o Descubra. Agora, as histórias dos amigos estão espalhadas pela caixa de entrada.

“Eu realmente não sei onde estão as stories porque elas não ficam todas em uma página, então sinto que estou perdendo alguma coisa”, diz uma usuária ao Mashable.

Por algum motivo, o Snapchat decidiu colocar um obstáculo entre as stories de pessoas diferentes. Em vez de avançar automaticamente, o app força o usuário a ver uma prévia das histórias da próxima pessoa antes de exibi-las.

Além disso, as stories agora são organizadas por um algoritmo, em vez de cronologicamente. “Eu não consigo ver nenhuma lógica em como tudo é exibido”, diz outro usuário.

Em comunicado, o Snapchat diz que “atualizações tão grandes como esta podem exigir um pouco de adaptação, mas esperamos que a comunidade aproveite as novidades uma vez que se acostumar”.

Com informações: TechCrunch, Mashable.

Receba mais sobre Snapchat na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados