Resumos de reviews feitos por IA vão chegar na Microsoft Store

Empresa usará tecnologia para pegar partes relevantes das análises dos usuários e resumir tudo em um texto só; notas continuaram ganhando destaque

Ricardo Syozi
Por
Microsoft Store (Imagem: Reprodução / Internet)

A Microsoft anunciou que vai adicionar resumos de análises em sua loja de aplicativos, a novidade aqui é que isso será feito por inteligência artificial. Além das classificações em até cinco estrelas deixadas pelos usuários, agora não precisaremos mais ler a maioria dos reviews. Basicamente, o robô pegará as principais informações das opiniões das pessoas e juntará tudo em um pequeno texto, que ficará logo abaixo das famosas notas.

De acordo com a Microsoft, os resumos feitos pela IA surgirão com frases indicando a opinião das pessoas que usaram o app. Haverá um espaço apontando a quantidade de análises usadas na sinopse, que terá frases, como “reviews sugerem que o software em questão é útil para o aumento de produtividade…”, por exemplo.

Por outro lado, a empresa de Redmond não entrou em detalhes de como as informações vão ser escolhidas. Além disso, será necessário se proteger dos chamados “review bombs”, feitos por pessoas que apenas querem ofender de forma agressiva um produto ou uma empresa.

Também vale apontar que a companhia anunciou um HUB focado em produtos com inteligência artificial na loja digital. Assim, a Microsoft dará destaque a programas que usam a tecnologia de uma forma ou de outra para facilitar a vida do indivíduo. Esse espaço foi desenvolvido para auxiliar o usuário em sua “jornada pela IA”, nas palavras da dona do Windows.

IA Microsoft store
Exemplo de resumo feito pela IA (Imagem: Divulgação / Microsoft)

Inteligência artificial é a nova melhor amiga da Microsoft

Não é de surpreender que a dona do Windows está tentando adicionar a tecnologia de inteligência artificial em tudo o que puder. Por exemplo: durante o evento Microsoft Build da terça-feira (23), a companhia anunciou que o Copilot será o novo assistente virtual de seu sistema operacional. Com isso, a marca deixará a Cortana de lado.

A empresa investiu mais de US$ 1 bilhão na OpenAI em 2019, desenvolvedora do famoso ChatGPT. Como resultado, o Bing se uniu ao chatbot para responder perguntas e dar informações em tempo real.

Falando nisso, no início de maio de 2023, a Microsoft anunciou que liberou geral o uso da IA generativa, encerrando a lista de espera de usuários. Agora, qualquer pessoa pode usar o robô sem precisar esperar por sua vez. Basta abrir a aba no navegador Edge e começar a interação.

Um sinal do sucesso dessa parceria é que o buscador atingiu a marca de 100 milhões de usuários diários, algo amplamente celebrado pela companhia de Redmond.

Com informações: The Verge.

Receba mais sobre Microsoft Store na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Ex-autor

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. No Tecnoblog, autor entre 2021 e 2023. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral.

Canal Exclusivo

Relacionados