SpaceX, de Elon Musk, já testa antena para internet Starlink em aviões

SpaceX vai oferecer internet por satélites Starlink em aviões, mas precisa superar um problema: falta de uma antena adequada

Emerson Alecrim
Por
Starlink (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Em abril, a SpaceX fechou um acordo para levar internet aos aviões da Hawaiian Airlines via satélites Starlink. A ideia é interessante, mas esbarra em uma dificuldade: as atuais antenas do serviço são apropriadas apenas para uso em terra. O problema está prestes a ser superado, no entanto. A companhia criada por Elon Musk já trabalha em uma antena específica para aeronaves.

Se você viajou de avião nos últimos anos, há boas chances de ter embarcado em uma aeronave que oferece acesso à internet. Mas isso ainda não é realidade para todas as companhias áreas, a exemplo da própria Hawaiian Airlines. Além disso, nos aviões que contam com esse tipo de serviço, pode acontecer de a conexão ficar instável.

A expectativa é a de que a rede Starlink reduza sensivelmente esse problema, afinal, o sinal pode ser recebido de vários satélites.

Não termina aí. As velocidades da conexão poderão ser consideravelmente interessantes (para um avião). Estima-se que a antena para aviões será capaz de permitir download de até 500 Mb/s (megabits por segundo) e upload de até 50 Mb/s. Isso com um pico de consumo de 400 W.

As informações vêm do especialista em aviação Jason Rabinowitz. Ele revela também que, assim como as antenas atuais, o modelo que está em teste é do tipo phased array. Isso significa, basicamente, que a antena pode alterar a direção de envio e recebimento de sinal, eletronicamente.

Antena Starlink para aviões (imagem: Twitter/Jason Rabinowitz)
Antena Starlink para aviões (imagem: Twitter/Jason Rabinowitz)

Rabinowitz divulgou ainda imagens da antena. Ela tem formato retangular e superfície plana, embora seja cedo para afirmar que esse é o design final.

O equipamento foi exibido pela SpaceX no evento Passenger Experience Conference 2022, realizado nesta segunda-feira (13), na Alemanha.

Só no ano que vem, com sorte

A SpaceX ainda não soltou nenhum comunicado oficial sobre a nova antena, mas, o projeto está em andamento. Prova disso é que a segunda imagem publicada por Rabinowitz mostra Jonathan Hofeller, vice-presidente comercial da Starlink, segurando a antena.

Jonathan Hofeller, da Starlink, segurando uma antena (imagem: Twitter/Jason Rabinowitz)
Jonathan Hofeller, da Starlink, segurando uma antena (imagem: Twitter/Jason Rabinowitz)

Quem não vê a hora de testar a internet da Starlink em aviões deve conter as expectativas, porém. Jason Rabinowitz destaca que a indústria da aviação é “muito lenta”, razão pela qual o serviço só deve ser oferecido em linhas aéreas a partir de 2023. Isso se os processos de certificação da antena não atrasarem os planos.

Além da Hawaiian Airlines, a SpaceX fechou um acordo com a JSX para oferecer internet em aviões fretados. Novas parcerias são esperadas para os próximos meses.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados