Spotify vai usar IA do Google para criar recomendações de podcasts e audiobooks

Parceria com a big tech visa repetir o sucesso das recomendações musicais com o apoio de grandes modelos de linguagem (LLMs)

Lupa Charleaux
Por
• Atualizado há 7 meses
Spotify
Spotify e Google Cloud são parceiros desde 2016 (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

O Spotify anunciou que está ampliando a parceria com o Google Cloud. O popular serviço de streaming de música usará grandes modelos de linguagem (LLMs) para analisar os gostos dos usuários e sugerir recomendações de podcasts e audiobooks.

A plataforma foi uma das pioneiras ao usar IA para construir algoritmos de recomendação de músicas. Conforme as informações divulgadas nesta quinta-feira (16), a intenção é repetir o feito usando LLMs para conteúdos não-musicais.

Spotify tocando podcasts (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
Spotify aposta em podcasts como nova fonte de geração de receitas (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Os LLMs, usados em chatbots como o ChatGPT da OpenAI e o próprio Google Bard, são treinados com grande quantidade de dados. São esses “conhecimentos” que permitem que as IAs possam gerar textos e outros tipos de conteúdo.

Atualmente, o Google Cloud trabalha com diferentes versões de modelos de linguagem de larga escala. Por exemplo, o PaLM 2, Codey, Imagen e Chirp são alimentados com textos, códigos, imagens, áudio e vídeo.

Embora não tenha revelado qual LLM será usado, o co-presidente do Spotify Gustav Söderström demonstrou otimismo em relação à parceria com o Google. As duas empresas trabalham juntas desde 2016, quando o streaming passou a usar data centers da big tech.

“A evolução da nossa tecnologia foi acompanhada pelo compromisso do Google Cloud em construir a melhor plataforma para a execução dos nossos produtos e impulsionar ainda mais a inovação com as capacidades emergentes da IA generativa”, disse o executivo.

Material promocional do Spotify divulgando o recurso de IA DJ X
DJ X do Spotify usa IA para montar playlists (Imagem: Divulgação/Spotify)

Spotify e a Inteligência Artificial

O Spotify experimentou vários recursos de inteligência artificial em 2023. Em agosto, a plataforma de streaming liberou a versão beta da DJ X, uma IA que faz curadoria de playlists e explica as escolhas como uma locutora. Infelizmente, o Brasil ficou de fora dos testes.

Além disso, o serviço de streaming anunciou uma parceria com a OpenAI em setembro. A plataforma adotou uma tecnologia que “redubla” podcasts para diferentes idiomas com a intenção de expandir o público dos programas.

De acordo com a Reuters, o Spotify tem estudado formas de aumentar os lucros ao ampliar os conteúdos geradores de receitas. Isso inclui os podcasts e os audiobooks. Então, a plataforma tem realizado diferentes ações para alavancar o formato.

Com informações: Reuters

Relacionados