Telegram terá versão para Vision Pro, headset de realidade virtual da Apple

Telegram para visionOS terá interface parecida com a de desktop, stickers animados e vídeos imersivos. Vision Pro chega em 2024 custando US$ 3.499.

Giovanni Santa Rosa
Por
Ícone do Telegram em destaque no menu do Vision Pro
Ícone do Telegram em destaque no menu do Vision Pro (Imagem: Divulgação/Pavel Durov)

Um dos apps de mensagens mais usados no mundo, o Telegram estará em mais uma plataforma no futuro: o visionOS, que equipa o headset de realidade virtual Vision Pro, da Apple. Quem diz isso é Pavel Durov, fundador e CEO do aplicativo.

Durov contou sobre a novidade em seu canal oficial na plataforma. Ele compartilhou um vídeo que mostra uma prévia de como o app deve funcionar no dispositivo de realidade virtual.

Interface do Telegram no Vision Pro, com lista de conversas na esquerda e mensagens à direita
Interface do Telegram no visionOS (Imagem: Divulgação/Pavel Durov)

Pelo que vimos, dá para dizer que a interface é bem parecida com a versão desktop do aplicativo, com uma lista de conversas na esquerda e as mensagens na direita. As abas, porém, foram para a esquerda também.

O app adotou as diretrizes visuais do visionOS, com muitos elementos translúcidos. Para responder às mensagens, é possível usar o ditado da Siri ou o teclado virtual do sistema.

Aparentemente, muitos dos recursos do Telegram para iOS estarão disponíveis no Vision Pro, como áudios e vídeos, stickers animados, mensagens de voz e até mesmo os stories. Os vídeos, porém, são mais imersivos, ocupando mais espaço no visor, e as animações não ficam restritas à área das mensagens.

Vision Pro deve ser lançado no começo de 2024

E quando o Telegram para visionOS chega? Bom, primeiro o aparelho tem que ser lançado. O Vision Pro foi anunciado na WWDC 2023 e tem lançamento esperado para o começo de 2024, apenas nos EUA.

Apple Vision Pro na sede da Apple nos Estados Unidos (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)
Apple Vision Pro na sede da Apple nos Estados Unidos (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Até lá, desenvolvedores podem usar o kit de desenvolvimento de software (SDK, na sigla em inglês) do visionOS para criar ou adaptar seus apps para a plataforma. A Apple chegou a convidar alguns para testar o hardware.

O Vision Pro vai custar caro: US$ 3.499, ou cerca de R$ 17.100, em conversão direta nos valores atuais. Uma versão mais barata já estaria sendo desenvolvida.

Com informações: Phone Arena, 9to5Mac

Relacionados