TikTok começa a testar vídeos horizontais em tela cheia

Novo formato se junta à duração máxima de dez minutos e deixa TikTok, que ficou famoso pelos vídeos curtos, mais parecido com YouTube

Giovanni Santa Rosa
Por
TikTok
TikTok (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O TikTok fez sua fama com vídeos verticais curtos, um algoritmo que entende o que você gosta e uma navegação simples — para pular para o próximo conteúdo, basta deslizar de baixo para cima. A fórmula do sucesso pode mudar um pouco em breve: a plataforma está testando um novo formato: vídeos horizontais em tela cheia e com duração mais longa.

O experimento já começou com usuários selecionados. Em alguns conteúdos, eles veem um botão de tela cheia em vídeos quadrados ou verticais. Ao tocar, o vídeo fica na horizontal e preenche todo o display do aparelho, assim como ocorre no YouTube.

Já faz algumas semanas que os usuários vêm relatando em redes sociais esses testes. Ao TechCrunch, o TikTok confirmou a novidade. Por enquanto, não há previsão de quando ele deve chegar para todo mundo. Se o recurso for mesmo lançado, ele pode ser diferente do que vimos até agora.

TikTok, Instagram e YouTube adotam armas dos rivais

As plataformas de conteúdo estão mais parecidas umas com as outras. YouTube e Instagram tentam seguir o sucesso dos vídeos curtos e verticais do TikTok com o Shorts e o Reels, respectivamente. Até mesmo o Snapchat — que não faz tanto sucesso no Brasil, mas é relevante nos EUA — conta com o Spotlight, que segue a mesma receita.

Já o TikTok está, pouco a pouco, abrindo espaço para materiais mais longos. Em fevereiro de 2022, a rede aumentou a duração máxima de vídeos para dez minutos — antes, ela era de três minutos.

Assim, criadores podem compartilhar conteúdos mais aprofundados na própria rede, sem que seu público precise ir até o YouTube para isso.

O objetivo da mudança é aumentar a média de idade do público — pessoas mais velhas tendem a preferir conteúdos mais longo — e aumentar o tempo de uso do app.

Com informações: The Verge, TechCrunch.

Receba mais sobre TikTok na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados