Uber Eats vai liberar pedidos de delivery em grupo para todos

Função permite que usuários adicionem itens ao mesmo carrinho em dispositivos diferentes para facilitar pedidos coletivos

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 anos e 6 meses
Uber Eats

O Uber Eats está de cara nova e trouxe algumas funções para facilitar a vida do usuário na hora de pedir comida. Entre os recursos apresentados nesta quarta-feira (7), a empresa anuncia a chegada dos pedidos em grupo para todos – a função já esteve em testes no Brasil no fim de 2019.

Com o recurso, não é necessário passar um smartphone de mão em mão ou anotar todos os pratos antes de pedir o delivery. Você poderá acessar um restaurante, escolher a opção “Pedido em grupo” e compartilhar o link do pedido com seus amigos ou familiares (isso pode ser feito via WhatsApp ou qualquer app de mensagens).

Depois que todos escolherem seu prato a partir de seus próprios dispositivos, o usuário que iniciou o pedido poderá finalizá-lo.

Uber Eats - pedido em grupo

Mais formas de encontrar novos comerciantes

A empresa também adicionou atalhos para que você encontre facilmente novas lojas, como supermercados, açougues e floriculturas nas redondezas. Os atalhos servirão ainda na hora de buscar pela sua culinária favorita no app.

Os usuários terão acesso a mais informações sobre restaurantes em um mapa de retirada, além de visualizarem restaurantes próximos. E será possível ver o que outras pessoas ao seu redor estão pedindo em tempo real.

Pedidos próximos no Uber Eats / Divulgação: Uber

As novas funções do Uber Eats devem chegar nas próximas semanas a todos os usuários do serviço, certifique-se de manter o aplicativo atualizado na sua loja de apps para ter acesso aos recursos.

Com informações: Uber

Receba mais sobre Uber Eats na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados