WhatsApp: bot da OMS sobre coronavírus tem 10 mi de usuários

OMS oferece bot de WhatsApp chamado Health Alert (Alerta de Saúde) para informações sobre novo coronavírus (COVID-19)

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
WhatsApp e OMS

A OMS (Organização Mundial de Saúde) lançou um bot de WhatsApp chamado Health Alert (Alerta de Saúde) para trazer informações atualizadas sobre o novo coronavírus, causador do COVID-19. O serviço ultrapassou 10 milhões de usuários em apenas quatro dias.

“Fico muito feliz em compartilhar que o Alerta de Saúde da OMS via WhatsApp já atingiu mais de 10 milhões de usuários; obrigado por sua confiança”, escreve o Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS, no Twitter.

Como usar o bot da OMS no WhatsApp

Para usar o Alerta de Saúde, você pode clicar neste link em seu iPhone ou Android com o WhatsApp instalado; ou pode salvar o número +41 79 893 1892 nos seus contatos e mandar qualquer mensagem para ele (como um “oi”).

O bot traz os números mais recentes de casos confirmados de COVID-19 e o total de mortes: até esta terça-feira (24), esses valores estavam respectivamente em cerca de 40 mil e 1,7 mil em todo o mundo.

Há também opções para resolver dúvidas e obter dicas sobre como se proteger, incluindo lavar as mãos e cobrir o rosto com o braço ao espirrar. O bot também desmente alguns mitos: por exemplo, pessoas de todas as idades podem ser infectadas pelo coronavírus, não apenas idosos.

O bot está disponível apenas em inglês, e será oferecido nas próximas semanas em todos os seis idiomas da ONU (inglês, árabe, chinês, francês, russo e espanhol). Felizmente, o WhatsApp oferece outros recursos sobre o coronavírus em português, incluindo uma página com informações confiáveis e stickers criados em parceria com o Ministério da Saúde.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados