Como fazer um dual boot com Windows e Linux

Dual boot com Windows e Linux permite ter os dois sistemas instalados e escolher qual usar durante a inicialização do computador

Giovanni Santa Rosa
Por

O Linux é uma alternativa boa e gratuita para quem quer deixar o Windows. Se você ainda vai precisar do sistema operacional da Microsoft ou não quer perdê-lo de vez, também é possível. Para isso, é necessário fazer dual boot no seu computador.

Computador com Ubuntu Linux (imagem: divulgação/Lenovo)
Computador com Ubuntu Linux (imagem: divulgação/Lenovo)

Dual boot é o nome dado à instalação de dois sistemas operacionais na mesma máquina. Na hora de iniciar o equipamento — isto é, fazer o boot — é possível escolher qual deles será utilizado.

No guia a seguir, você aprenderá como fazer dual boot com Windows e Linux em uma máquina que já tem o sistema da Microsoft. O processo pode variar dependendo do seu computador ou dos sistemas escolhidos.

Time needed: 2 hours.

  1. Faça o download de Ubuntu

    Se você tem um computador com Windows, vai precisar baixar o Ubuntu para instalá-lo no computador. Acesse o site oficial do sistema e faça o download. A versão LTS (long-term support) é recomendada por ser mais estável e ter suporte por cinco anos.Tela de download

  2. Crie um disco bootável

    O arquivo do Ubuntu é .iso, e não dá para rodá-lo diretamente dentro do Windows. Você precisa criar um disco bootável, que será lido pelo computador ao iniciar. A forma mais fácil de fazer isso é com um drive USB.

    O Ubuntu recomenda o programa balenaEtcher, compatível com Linux, Windows e Mac.

    Baixe o programa e instale-o. Depois, escolha a imagem, selecione o pendrive e clique no botão “Flash!”.Tela do balenaEtcher, software para criar o disco bootável

  3. Reinicie para bootar

    Pendrive preparado, agora é hora de colocá-lo para rodar. Reinicie o computador com o drive espetado na porta USB.

    Geralmente a máquina reconhece o componente e o utiliza para iniciar o sistema. Se isso não acontecer, veja as configurações para colocar a entrada USB no topo das prioridades.

    O processo pode variar conforme a marca e o modelo. Uma boa tentativa é apertar e segurar a tecla F12 durante a inicialização.

  4. Comece a instalação

    Quando o computador ler o drive USB, uma tela de boas-vindas do Ubuntu deve aparecer. Você pode tanto experimentar o sistema sem alterar nada na sua máquina quanto instalá-lo.

    Neste tutorial, vamos direto para a segunda opção.Tela de instalação

  5. Escolha o idioma e o layout do teclado

    O primeiro passo é escolher o idioma e o tipo de teclado que você usa. Geralmente o Ubuntu detecta automaticamente esses dois parâmetros.

    Se você tiver dúvidas, também pode testar o teclado ou refazer o processo manualmente.Tela de configuração de idioma e teclado

  6. Configure a instalação

    Em seguida, o Ubuntu dá algumas opções para instalar o sistema. Você pode optar por uma instalação completa ou uma mínima.

    A primeira demora mais tempo, mas o sistema vem pronto para a maioria dos casos. A segunda é mais rápida, mas você pode precisar instalar alguns programas manualmente, dependendo do uso que vá fazer.

    Também é possível escolher por baixar atualizações (demora mais tempo, mas a máquina fica pronta de uma vez) e instalar drivers de terceiros (recomendado para quem tem placas gráficas dedicadas).Tela de escolha de tipo de instalação

  7. Escolha a opção para instalar o Ubuntu ao lado do Windows

    Este passo é importante. É aqui que você vai começar a instalar o Ubuntu junto ao Linux, para ter o dual boot ao ligar o sistema.

    Escolha a opção “Instalar Ubuntu ao lado do Windows 10” (se seu Windows for outro, a versão dele aparecerá aqui). Essa é a alternativa mais simples e direta e a utilizaremos neste tutorial.

    Também existe a “Opção avançada”, que mostra uma tabela de partições (divisões dos seus discos de armazenamentos). Ela é recomendada para usuários avançados.Tela de instalação do Ubuntu

  8. Escolha o tamanho das partições

    Logo depois, o instalador dá a opção de ajustar a divisão entre as partições do disco. Basta arrastar para os lados a barra entre os dois espaços. É bom deixar um espaço livre razoável para os dois sistemas, para quem nenhum fique sem espaço muito rápido. Dá para alterar isso depois, mas o processo não é tão simples.Tela de redimensionamento de partição do Ubuntu

  9. Crie seu usuário e coloque senha

    Na tela seguinte, você deverá dar um nome para seu computador, definir seu nome de usuário e criar uma senha. Após a instalação, é possível criar mais usuários.Tela para configuração de usuário

  10. Aguarde a instalação

    Espere o processo ser encerrado.Tela de instalação do Ubuntu

  11. Escolha o sistema a ser usado

    Após a instalação, toda vez que você ligar o PC, verá uma tela para escolher qual sistema operacional será utilizado naquela sessão.Tela de dual boot com Windows e Linux

Sabendo como fazer dual boot com Windows e Linux, você consegue usar a opção mais apropriada para cada momento e necessidade, como um para jogar e o outro para trabalhar, por exemplo. Lembre-se de fazer backup para evitar perdas de dados. O processo é simples, mas erros podem acontecer.

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Relacionados

Relacionados