TB Responde Aplicativos e Software

O que é markdown?

Saiba o que é markdown, para que esta linguagem serve, quais são suas vantagens, como usá-la e que aplicativos você precisa

Giovanni Santa Rosa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Markdown é uma linguagem voltada para formatação de textos. Com ela, você não precisa apertar um botão na interface para deixar o texto em itálico ou sublinhado, por exemplo. Em vez disso, é só colocar alguns marcadores enquanto digita, como underlines (_) e asteriscos (*). Para entender melhor o que é e como usar markdown, leia mais a seguir.

Markdown é uma linguagem de marcação leve, voltada para quem trabalha com texto e internet. Ela permite escrever e formatar usando códigos simples, que não atrapalham a leitura. Com  softwares específicos, o markdown é convertido para HTML.
O que é markdown? (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Parece HTML, mas é mais simples

O markdown foi criado pelo blogueiro de tecnologia John Gruber e pelo programador Aaron Swartz.

Gruber define o markdown como ferramenta de conversão de texto para HTML, linguagem usada para criar páginas da web.

Se você já fez alguma coisa usando HTML, a lógica é parecida. Nele, há tags para indicar formatação do texto, linhas e tabelas.

Assim, tudo que você escreve entre <i> e </i>, por exemplo, fica em itálico, e tudo que é digitado entre <a> e </a> vira um link para outra página.

A diferença é que, no markdown, os códigos são bem menos complicados.

Como usar markdown?

O markdown pode não ser tão completo quanto um editor como o Word (e nem é sua intenção), mas ele cumpre seu papel de criar textos com formatação simples, que podem ser salvos em arquivos leves e compartilhados com facilidade.

Para isso, tudo é baseado em texto. Veja alguns exemplos:

  • Para deixar um trecho do texto em itálico, coloque-o entre asteriscos (*) ou underlines (_).
  • Para negrito, coloque-o entre dois asteriscos (**) ou dois underlines (__).
  • Para criar um título, comece o parágrafo com cerquilha (#). O número de cerquilhas define o nível do título, do mais alto (#) ao mais baixo (######).
  • Para criar uma lista não-ordenada, basta começar cada linha com traço (-), asterisco (*) ou sinal de soma (+).

A lista de recursos vai além, incluindo até mesmo links e imagens. Um bom jeito de ver como é isso na prática é fazer o Markdown Tutorial. O site mostra os principais códigos e ensina a utilizá-los passo a passo.

Onde usar markdown?

O markdown é muito prático, mas está longe de ser um padrão nos editores de texto. Por isso, você vai precisar de uma ferramenta específica para ele.

Aqui vão algumas sugestões gratuitas:

  • StackEdit: funciona na web, em qualquer navegador.
  • Ghostwriter: tem versões para Windows e Linux.
  • Dillinger: roda no navegador e tem recursos para importar, exportar e salvar arquivos.

Além disso, alguns apps para fins mais abrangentes também fazem uso da linguagem.

É o caso do Notion, que ficou famoso nos últimos anos por sua versatilidade, e o Simplenote, ótima alternativa para anotações simples e rápidas.

Esse conteúdo foi útil?

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque