O que é o CS:GO Major?

Saiba como funciona o Major de CS:GO; entenda como são realizadas suas etapas e a importância da competição para o cenário dos eSports

Diego Melo
Por
• Atualizado há 1 ano
Imagem counter strike - o que CS:GO
Entenda como funciona o Major de CS:GO (Imagem: Divulgação / Valve)

O Major de CS:GO é o campeonato mais importante do cenário profissional de Counter-Strike. A competição pode ser considerada a “Copa do Mundo” do CS, em que as principais equipes do planeta competem pelo prêmio que ultrapassa US$ 1 milhão oferecido pela Valve, desenvolvedora do jogo. Saiba como o CS:GO Major funciona, entenda seu sistema de classificação e outras características da competição.

O Major de Counter-Strike existe desde as primeiras versões do jogo. Trata-se de um campeonato de nível internacional, com grande premiação em dinheiro e participação da maioria dos principais times profissionais da temporada.

De 2001 a 2012, eram considerados “majors” alguns torneios organizados por determinadas empresas, porém sem o apoio oficial da Valve, desenvolvedora do jogo.

Com o lançamento do Counter-Strike: Global Offensive em 2012, no ano seguinte, a Valve instituiu o modelo do major de CS GO atual: além das características citadas acima, um major de CS:GO continua sendo organizado por empresas independentes, porém com um prêmio de US$ 1 milhão para o campeão, oferecido pela própria Valve.

Também há etapas classificatórias oficiais disputadas online e offline, além de benefícios exclusivos do campeonato tanto para os jogadores profissionais quanto para os espectadores.

Os bônus geralmente incluem insígnias de qualificação para os jogadores profissionais exibirem em seus perfis dentro do jogo. Para os fãs, há caixas de souvenir especiais com skins exclusivas, além de adesivos dos times e dos jogadores para serem aplicados nas armas do game, que podem ser comprados pelo mercado da Steam.

Como funciona o CS:GO Major?

Competição CS:GO
Major CS:GO (Imagem: Divulgação/HLTV.org)

O major de CS:GO possui duas etapas classificatórias: a aberta e a fechada. Elas são realizadas online e dividas em regiões: Europa, Ásia, América do Norte, América do Sul, CIS, Oceania, China, Oriente Médio, Oeste Asiático e Sudeste Asiático.

Qualquer time pode se inscrever na etapa aberta. Elas dão vaga para as classificatórias fechadas, onde essas equipes se juntam a times convidados pela organização do torneio. Esta etapa dá vagas aos respectivos Minors de cada grande região (Ásia, Europa, CIS e Américas), que já fazem parte da programação do Major sendo realizados offline, sem público na cidade sede do evento.

Os 10 mais bem classificados do CS:GO Minor Championship vão para a disputa do CS:GO Major Championship, o evento principal que é geralmente realizado em grandes ginásios, com presença do público e transmissão internacional pela internet.

Desde a edição do ELEAGUE Major: Boston 2018, o major de CS GO é divido em três etapas.

No The New Challengers Stage, as 10 equipes vinda do Minor se juntam aos 6 times que não se classificaram para a segunda fase de grupos (Legends Stage) do Major anterior (os 2 últimos são eliminados e devem disputar as etapas classificatórias). Os 8 melhores colocados se classificam para a próxima etapa.

O The New Legends Stage é a segunda fase de grupos do major de CS GO, onde novamente 16 times se enfrentam. Os 8 times dos playoffs (Champions Stage) do Major anterior se juntam às 8 equipes vindas do Challengers Stage. Desta vez, apenas 8 times se classificam para a etapa final.

Por fim, o The New Champions Stage é a fase “mata-mata” do Major, onde as melhores equipes do campeonato se enfrentam em duelos diretos, geralmente em formato melhor de 3, até a grande final. Todos os times que chegam nesta fase ganham o status de “Legends” e estão automaticamente classificados para o The New Legends Stage do Major seguinte.

Com funciona o Major de CS:GO
Major de CS:GO (Imagem: Reprodução/ HLTV.org)
Quem foi o primeiro campeão do Major de CS:GO?

O primeiro CS:GO Major da “era moderna” aconteceu em 2013 em Jönköping, na Suécia. Foi organizado pela Dreamhack e teve a Fnatic, também sueca, como primeira campeã.

O último major de CS:GO (realizado até a publicação deste texto) foi o Starladder Berlin Major 2019, em Berlim, na Alemanha, vencido pelos dinamarqueses da Astralis.

O Brasil já foi campeão de CS:GO?

Sim. Sim. O Brasil conquistou dois majors de CS:GO, ambos em sequência em 2016. A Luminosity Gaming, formada por Gabriel “FalleN” Toledo, Fernando “fer” Alvarenga, Marcelo “coldzera” David, Epitácio “TACO” de Melo, e Lincoln “fnx” Lau, junto do técnico Wilton “zews” Prado, venceu o MLG Major Championship: Columbus 2016 na cidade de Columbus, nos Estados Unidos.
Novamente em 2016, os mesmos jogadores, desta vez com a organização SK Gaming, venceram o ESL One: Cologne 2016 realizado em Colônia, na Alemanha

O Brasil já sediou alguma edição do Major CS:GO?

Sim. O Brasil foi sede do Intel Extreme Masters Season XVII — Rio Major 2022, também conhecido como IEM Rio Major 2022. A competição realizada no Rio de Janeiro foi vencida pela equipe Outsiders e aconteceu entre 31 de outubro e 13 de novembro.

Como criar a sua própria CFG em CS:GO

CFG é a sigla que significa configuração de treino, esse recurso é útil para praticar em partidas com condições específicas como limitar o tempo das partidas ou modificar a quantidade de munição para uma arma. Confira como criar sua própria CFG em CS:GO.

Como aumentar o FPS em CS:GO 

CS:GO não é exige configurações altas para rodar bem na maioria dos PCs. No entanto, você pode otimizar o jogo com alguns ajustes que a fluidez. Veja como aumentar o FPS em CS:GO.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre Counter-Strike na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Diego Melo

Diego Melo

Ex-redator

Diego Melo é jornalista e cursa Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Escreve sobre tecnologia desde 2011, fez parte da equipe do Tecnoblog durante quatro anos, produzindo pautas sobre programação, guias e tutoriais de programas. Hoje é desenvolvedor full-stack e trabalha diariamente com tecnologias como JavaScript (Vue.js), PHP (Laravel) e SQL (MySQL).

Relacionados