Onde encontrar todos os Pescoções de Horizon Forbidden West

Desbloquear essas máquinas facilitará muito a exploração do mapa. Veja como encontrar os Pescoções no jogo

Vivi Werneck
Por

O oeste proibido tem muitas atividades extras espalhadas pelo mapa. Algumas podem te ajudar a conseguir equipamentos mais poderosos e outras até mesmo facilitar na exploração. Encontrar e converter os Tallnecks do jogo, por exemplo, irão desbloquear muitos pontos de interesse ao seu redor. Quer encontrar todos os Pescoções de Horizon Forbidden West? Então é só seguir este guia.

Encontre os Pescoções de Horizon Forbidden West (Imagem: Reprodução/Vivi Werneck)

Antes de começarmos, fica o aviso de que este artigo pode conter spoilers de algumas missões do jogo. Isso porque alguns Pescoções só poderão ser convertidos em um momento específico da campanha ou realizando algum tipo de atividade. Deixarei um aviso de [Spoiler!] no tópico em que precisar comentar sobre a missão.

Esse tutorial faz parte do nosso guia para te ajudar a dominar Horizon Forbidden West. Vem conferir mais dicas!

O que são os Pescoções?

Os Pescoções (ou Tallnecks, em inglês) são as maiores máquinas do jogo e aparecem também em Horizon Zero Dawn. Visualmente, eles lembram algo como uma girafa superdesenvolvida, mas com a cabeça achatada em forma de um grande disco. Os Tallnecks são tão gigantes que Aloy é mais ou menos do tamanho da pata deles. 

Felizmente, eles não têm comportamento agressivo e só ficam andando vagarosamente em círculos numa região. Também não é possível abatê-los para conseguir peças. A única coisa a fazer é escalar cada um deles e convertê-los usando sua lança. 

Como cada uma dessas máquinas possuem centenas de dados geográficos de uma determinada região, ao escalar um Pescoção e desbloquear seu núcleo, que fica no centro da cabeça/disco do bicho, Aloy passa a ter acesso a todas essas informações (inclusive de locais que antes estavam escondidos). Um Tallneck convertido também servirá de ponto para viagem rápida.

Chegar ao topo de um Pescoção é um desafio bem maior do que encontrá-los. Isso porque, se estiver próximo de algum, certamente ouvirá seus passos pesados e, principalmente, será possível avistá-los à distância. Há apenas dois Tallnecks que você terá que ativá-los primeiro (a explicação está mais abaixo) antes de vê-los andando em círculos por aí.

1. Pescoção: Terrafirme (Landfall) [Spoiler!]

Pescoção: Terrafirme (Imagem: Reprodução/Vivi Werneck)

Local: extremo oeste do mapa e ao sudeste de uma grande ilha.

Antes de converter este Pescoção, será necessário reativá-lo. Parte da máquina está no fundo do mar e você terá que encontrar algumas das suas baterias, embaixo d’água, e inseri-las em locais específicos. Só assim o grandão acordará e você poderá usar as ruínas a volta para te ajudar a chegar ao disco no topo. 

Procurar as baterias embaixo d’água só será possível após conseguir a máscara de mergulho, que Aloy desbloqueia na missão principal “Mar de Areia” (“The Sea of Sands”), que se passa na parte desértica do mapa. É recomendável estar, pelo menos, no nível 22 para esta missão.

2. Pescoção: O Posto dos Sentinelas (The Stand of the Sentinels)

Pescoção: O Posto dos Sentinelas (Imagem: Reprodução/Vivi Werneck)

Local: oeste do mapa e ao norte do acampamento Farpântano.

Sem muito mistério para converter este Pescoção. Ele estará numa floresta fechada e rodeado por árvores tão altas quanto ele. Nos arredores da máquina, você notará que há formas de escalar a vegetação. Faça isso até encontrar um ponto que seja alto o suficiente e, se for necessário, use o planador para chegar na cabeça do Tallneck.

3. Pescoção: Salgaboca (Salt Bite)

Pescoção: Salgaboca (Imagem: Reprodução/Vivi Werneck)

Local: extremo norte do mapa e ao norte do acampamento Lançardente.

Esse Pescoção também não estará logo de cara circulando por aí. Isso porque a máquina está presa dentro do Caldeirão Iota. Você terá que entrar e explorar o caldeirão primeiro (recomendável nível 22) para libertar o grandão e, de quebra, conseguir algumas conversões novas para outras máquinas também.

4. Pescoção: Ermos Radiantes (The Shining Wastes) [Spoiler!]

Pescoção: Ermos Radiantes (Imagem: Reprodução/Vivi Werneck)

Local: área central do mapa e ao sul do acampamento Lançardente.

Este será um dos primeiros Pescoções que encontrará no jogo. No entanto, mesmo escalando as montanhas próximas do bichão, você notará (depois de muito tempo tentando) que é impossível conseguir altura suficiente para planar até a cabeça da máquina. 

Deixe o Tallneck para lá, por enquanto. Isso porque só será possível convertê-lo bem mais para o final do jogo, mais precisamente após concluir a missão “As Asas dos Dez” (“The Wings of the Ten”). Esta é a penúltima missão principal e onde Aloy aprenderá a converter Heliodos (máquinas aladas que se parecem pterodáctilos).

Já num Heliodo, sobrevoe o Pescoção dos Ermos Radiantes, salte da máquina voadora e use o planador até o topo do Pescoção para convertê-lo.

5. Pescoção: As Dunas Calmas (The Still Sands)

Pescoção: As Dunas Calmas (Imagem: Reprodução/Vivi Werneck)

Local: área desértica ao sul do mapa. Também é ao sul do campo Nenhures.

Outro Pescoção que provavelmente vai encontrar logo no início do game. Com um pouco de paciência (ou melhor, bastante) é possível achar um ponto alto o suficiente nas montanhas próximas para escalar e usar o planador até o topo do gigante, mas se já tiver como voar sua vida ficará bem mais fácil.

6. Pescoção: Areias de Cinábrio (Cinnabar Sands)

Pescoção: Areias de Cinábrio (Imagem: Reprodução/Vivi Werneck)

Local: extremo leste do mapa e a sudeste do acampamento Sonora.

Para converter este Pescoção, você terá que escalar uma grande estrutura, por onde a máquina circunda, encontrar algumas baterias, ativar um console de comandos e mover o disco do satélite da antiga antena (onde você está) para conseguir uma posição vantajosa o suficiente e planar, no tempo certo, até a cabeça do Tallneck. É menos complicado do que eu fiz parecer.

Vivi Werneck

Editora-Assistente

Vivi Werneck é especialista em games e trabalha no mundo tech há 15 anos. Em 2018, recebeu o Prêmio Comunique-se como melhor jornalista de tecnologia. Já escreveu para revistas de games pioneiras no Brasil, como EDGE, PlayStation Brasil e EGW. Também é veterana em eventos de jogos, como a BGS e E3 (inclusive, presencialmente). Hoje, ela é editora-assistente no Tecnoblog, editora no Meio Bit e apresenta o Hit Kill.

Relacionados

Relacionados