Início » Celular e tablet » Vivo lança MultiVivo, plano que compartilha conexão com até cinco dispositivos adicionais

Vivo lança MultiVivo, plano que compartilha conexão com até cinco dispositivos adicionais

Operadora garante que não bloqueará tethering nos smartphones.
Franquia de dados é compartilhada entre os dispositivos adicionais.

Por
1 ano atrás

A Vivo lançou hoje o MultiVivo, novo plano que permite aos clientes pós-pago compartilharem a conexão com até cinco dispositivos adicionais. Ele permite que você aproveite a franquia de dados do seu smartphone no tablet ou modem, sem precisar contratar outro plano. Segundo a operadora, a economia com o MultiVivo pode chegar a 35% em comparação com as ofertas atuais.

Para compartilhar o plano de dados com um tablet ou modem, o custo adicional é de R$ 29 ao mês por dispositivo. Isso significa que, se você tiver um plano de 3 GB no seu smartphone (que custa a partir de R$ 204 por mês em São Paulo), gastará R$ 58 a mais por mês para ter acesso também no iPad e no notebook. A franquia é compartilhada – se você gastar 2,5 GB no notebook, terá apenas mais 500 MB no mês para o smartphone e tablet.

vivo-multivivo-principal

Também é possível compartilhar o plano com outro smartphone, mas o custo é de R$ 49 mensais – nesse caso, a franquia de minutos e mensagens de texto também é compartilhada. Na região Nordeste, o valor praticado é de R$ 39.

Há um limite de dispositivos que você pode adicionar ao seu plano: se você contratou 60 ou 100 minutos, pode adicionar apenas um dispositivo; com 200 minutos, é possível ter dois dispositivos adicionais, subindo para três (400 minutos), quatro (650 minutos) e cinco (1.000 minutos).

Mas se a franquia de dados é compartilhada, não é melhor usar o tethering do smartphone para compartilhar a conexão, sem pagar os R$ 29 a mais por mês? Sim, também acho. Só que a Vivo aposta na “comodidade” para atrair clientes – usando tethering, o gasto de bateria é muito maior. Além disso, no MultiVivo você terá um chip para cada dispositivo – dá para deixar o filho usando o 3G na escola enquanto você está com seu smartphone no trabalho, por exemplo.

vivo-multivivo-preco

A operadora está bastante otimista: eles esperam que cerca de 60% da base de clientes passem a usar o MultiVivo em três anos. E mesmo havendo economia de até 35% para o cliente, a Vivo não acredita que perderá receita – o volume de novos clientes deve superar os descontos.

O comunicado afirma que a Vivo é a “primeira operadora da América Latina a lançar uma oferta para multiplicar o número de conexões em um plano único”. Entretanto, a Claro já possuía algo parecido, mas válido apenas para smartphones: pagando uma taxa mensal, que há alguns meses era de R$ 29, era possível ter uma linha adicional com os mesmos benefícios da principal.

Como os dados serão compartilhados, pode ser que 3 GB, a maior franquia oferecida hoje pela Vivo, não sejam suficientes para alimentar todos os dispositivos. A Vivo afirmou que pretende lançar planos de até 6 GB – mas eles devem ser revelados oficialmente apenas no dia 30 de abril, quando a operadora fará outra coletiva de imprensa para lançar o 4G.

Atualizado às 17h50 para incluir a informação sobre o limite de aparelhos adicionais por plano.

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha