Início » Aplicativos e Software » Belo app de iPhone avisa que suas compras chegaram via Push

Belo app de iPhone avisa que suas compras chegaram via Push

"Chegou?" estreia de graça na App Store para acompanhar status dos Correios.

Por
7 anos atrás

Pintou na iTunes um novo aplicativo desenvolvido por uma dupla de brasileiros que promete tornar aquela tarefa chata de acompanhar o curso de compras feitas pela internet no site dos Correios. Chegou? foi criado com o único e simples objetivo de avisar que os pacotes importantes de que todo geek gosta chegaram em casa a salvo. Não custa nada para baixar o software que, além de muito bonito, funciona com as notificações do tipo Push.

Chegou — criado por Marcel Müller e Fernando Saragoça

“Chegou?” para iPhone — criado por Marcel Müller e Fernando Saragoça

O “Chegou?” foi inventado pelo nosso Marcel Müller, especialista em interfaces visuais que contribui constantemente com o TB, junto com o desenvolvedor Fernando Saragoça. Faz algum tempo que eu vi algumas prévias do aplicativo e, desde então, venho perguntando aos criadores quando ele chega à loja da AppleChegou.

Esse cliente permite adicionar o código de rastreamento informado pelos Correios ou serviço similar, a descrição do produto que foi comprado e qual é o nome da empresa transportadora. O Marcel me explicou (leia a entrevista abaixo) que a proposta do aplicativo é ser simples e direto ao ponto, sem recursos adicionais que a gente tem no Muambator, um site dedicado também ao acompanhamento de encomendas.

Talvez a maior diferença entre o popular Muambator e esse “Chegou?” para que aparece agora no iOS é o modo de avisar o consumidor de que houve uma atualização no status de entrega dos itens. O primeiro oferece mensagens de email com os alertas; o segundo faz uso das Push Notifications da plataforma da Apple.

Donos de iPhones já podem baixar esta beleza em forma de aplicativo. Não tenho vergonha nenhuma em admitir que sou fã do trabalho em design do Marcel Müller. Junto ao Fernando Saragoça produziram um aplicativo simples, prático e que merece estar nos celulares dos geeks por aí porque funciona.

Imagens do “Chegou?”

Bate-papo com Marcel Müller, co-criador do “Chegou?”

É impressão minha ou esse app tem um cuidado todo especial com o design?

Marcel Müller — Não é impressão! Desde o começo a idéia foi criar um aplicativo simples, focado em uma tarefa, onde poderíamos aproveitar para brincar com a sua temática. Salvas as devidas proporções, seria mais ou menos o que a Apple tem feito ultimamente com seus apps de Lembretes, Notas, Podcasts etc. Cada elemento – botões, tab bar, entre outros – é desenhado de acordo com o universo de seu respectivo app. Nós gostamos dessa filosofia e decidimos tentar fazer algo nessas linhas.

Há vários aplicativos nacionais com a mesma finalidade na App Store, mas nenhum com essa proposta visual. Essa foi a nossa deixa, muito embora nossa intenção não seja brigar por usuários.

O que ele tem de diferente de soluções como o popular Muambator?

Penso que o Muambator é muito mais um serviço do que um cliente/app. O “Chegou?” foi feito para o usuário que não quer ou não precisa de uma plataforma tão grande. A intenção era fazer algo pratico, sem necessidade de cadastro ou de muitos passos, mas com o conforto de funções como as notificações via Push, presentes em serviços grandes como o Muambator.

Resumindo, não vemos esses serviços como competição. São usuários finais diferentes.

De graça? Não poderia cobrar algo por ele?

Isso foi algo que eu e o Fernando conversamos por algum tempo. Concordamos em lançá-lo gratuitamente, sem publicidade nenhuma. Nós também somos usuários e sabemos que esses banners podem quebrar a experiência, especialmente quando o app tem sua própria ambientação. Apesar de utilizarmos um servidor nosso para cuidar das notificações, o que é uma despesa, pensamos que por ser o nosso primeiro aplicativo juntos, seria legal oferecê-lo gratuitamente.

Outro ponto é que aqui no Brasil a cultura de valorizar o trabalho de designers e desenvolvedores não é tão desenvolvida a ponto de uma pessoa comprar um aplicativo — por mais barato que seja — apenas por uma função única e pelo design. Tudo que foge do “é de grátis” cria uma hostilidade em muitos usuários, infelizmente. Mas isso está mudando.

Quantas pessoas estiveram envolvidas no projeto e quanto tempo levou para o app ficar pronto?

Duas pessoas: o Fernando Saragoça desenvolveu todo o aplicativo – desde a parte de dar vida ao design até a parte do servidor, notificações, puxar informações do sistema dos Correios e tudo mais. Ele já é bem experiente na área. E eu fiquei responsável pelo design. 😀 Começamos a nos falar em abril. Nesse meio tempo contamos com alguns curtos tempos de hiato. O Fernando foi para a WWDC, por exemplo, e a Apple levou um tempinho para aprovar o aplicativo.

Entre troca de idéias e ajustes, a execução foi bem rápida.

Mais sobre: , , ,