Início » Ciência » Hitachi cria vidro capaz de armazenar dados por milhões de anos

Hitachi cria vidro capaz de armazenar dados por milhões de anos

Avatar Por

A grande quantidade de dados que é criada e trafega todos os segundos na web é enorme. E essa sempre foi a motivação de empresas ligadas no setor de armazenamento para inovar seus produtos. A Hitachi, fabricante de HDs, mostrou essa semana o que promete para o futuro da área: no lugar de discos rígidos, um pedaço de vidro pode ser o responsável por armazenar dados de forma segura no futuro.

Vidro poderoso | Crédito: divulgação.

O vidro acima é de um protótipo criado pela empresa, com 2 cm² de área, 2 milímetros de espessura e feito de quartzo, um tipo de cristal abundante na Terra e que é bastante resistente - é desse material que são feitos béquers e pipetas usadas laboratório, por exemplo. Ele é capaz de armazenar em cada centímetro quadrado aproximadamente o mesmo que um CD de música comum.

Para gravar dados nesse vidro, minúsculos pontos são criados nas quatro camadas de quartzo dentro da lâmina, pontos esses que podem ser lidos depois por meio de um microscópio adaptado.

A vantagem óbvia desse tipo de armazenamento é mesmo a durabilidade. O vidro de quartzo é resistente a calor, radiação, água e resistente a uma série de elementos químicos. Por causa disso a Hitachi diz que ele pode durar milhões e milhões de anos sem que os dados sejam danificados.

Os dados só não poderão ser recuperados caso o vidro seja quebrado em mil pedacinhos, segundo o Capitão Óbvio pesquisador da Hitachi Takao Watanabe.

Com informações: Slashdot.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luan Almeida
Copiaram do Stargate (2003) http://stargate.wikia.com/wiki/Data_Crystal
RamonGonz
boa Hitachi!

eu sempre achei muito absurdo diante da época em que estamos e de todas tecnologias existentes essa limitação no armazenamento... é óbvio que existem muitas outras formas mais eficientes em todos os sentidos de armazenar dados, só precisam investir mais em pesquisas e diversificá-las
RamonGonz
acho que a estimativa de tempo já existia e é referente ao quartzo em si. Se eles conseguirem manter todas as características do material teoricamente a estimativa se manteria

outro dado é que essas empresas com foco em inovações estão acostumadas a fazer este tipo de estimativa, baseadas nas substâncias que compoem o material usado nos projetos. Não é algo "do nada".
Verônica Veiga
Interessante. A evolução na área tecnológica é surpreendente.
Rodolpho Freire
muito interessante a matéria... mas acho que a reescrita seria um problema.
Matheus Bruno
"O vidro de quartzo é resistente a calor, radiação, água e resistente a uma série de elementos químicos.".

Seria também resistente a quedas?
Thanara Corrêa
eu além disso, pensei no fato seguro, duvido que esse negócio seja 100% a prova de riscos, supondo que um notebook pode cair no chão
Vitor
kkkkk é vdd. Me caguei de rir aqui.
Manoel
FicaDica, Kal-El!

ótimo o Capitão Óbvio.
Guilherme Batista
Como diabos chegam a essa estimativa de tempo tão precisa mesmo?

Tirando isso, achei a notícia legal. Se o "Hd de vidro" for mais rápido, barato e confiável que os SSDs, imagino que teremos alguns dispositivos ainda mais leves no futuro


(ou aqueles temidos smartphones-conceito transparentes, brrr)
Felipe Piubello
imagino a velocidade que levará para "ler" os vidros...
Kelner M. Silva
A primeira coisa que me veio a mente foi os oculos do capitão Witwicky do filme Transformers.

Seria basicamente aquele tipo de armazenamento...
Edmilson
Sempre penso também ha ha ha.
Estou imaginando este vidro coberto por uma camada de silicone, ou seja fica protegido por algo macio que kika quando atingir o chão. Ai quero ver estragarem isso.
Disneyg
A parte do "Capitão Óbvio" valeu o post inteiro :)

Tá, a notícia também foi legal :P
viniciusghietti
quando li o nome Hitachi pensei em naruto kopakopas mas brincadeiras a parte. mt legal i q vao fazer