Início » Aplicativos e Software » Switcher – um Exposé like para Windows Vista

Switcher – um Exposé like para Windows Vista

Por
12 anos atrás

Sabe aquele recurso existente no Mac OS (que foi portado para o Linux), onde com uma tecla de atalho, todas as janelas abertas se organizam em pequenos thumbnails? Ele se chama Exposé, e é uma mão na roda para aqueles momentos em que estamos com uma porção de aplicativos abertos ao mesmo tempo, e precisamos achar a janela de um desses para executar alguma tarefa.

No Windows, um Exposé não é assim tão necessário, já que a barra de tarefas se encarrega de listar todas as janelas em execução. Mas tenho que admitir que a solução do Mac OS é bem mais interessante e elegante.

Eis que resolveram fazer um software para Windows que copiasse o lance das janelinhas. Ele se chama Switcher, e… bem não é tão Exposé like assim.

A única coisa que o Switcher imita mesmo, é gerar as tais miniaturas quando acionamos as teclas de atalho. Rodando em ambiente Windows, eu já suspeitava que isso exigiria recursos demais do sistema (ainda mais porquê é o Vista), e chega a rolar um certo lag para as janelinhas se organizarem. Isso mesmo, nada daquele efeito rapidinho que funciona no Mac OS.

Só este problema já mataria a utilidade do Switcher, afinal, um software feito para aumentar a produtividade, perde todo sentido quando associado à palavra lag. Para completar, o efeito mouse over das janelas foi produzido por um cara com muito mal gosto. É um degradê azul-cor-de-link horrível, que consegue ser menos elegante até que o próprio Vista.

E se depois de todo este review super positivo que eu fiz, você ainda tiver interesse em baixá-lo, o link para download é este aqui. Ou então você pode pedir umas dicas ao interney Ediney sobre como ficar rico com internet, e comprar quantos Macs você quiser. 😀

Abaixo, o vídeo do Exposé original em funcionamento:

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.